Geórgia conquista Mundial de judô; Brasil fica em sétimo

A seleção da Geórgia surpreendeu ao conquistar neste domingo o Mundial masculino por equipes de judô. Na final, os georgianos venceram os russos por 4 a 3 para ficarem com o título da competição, que foi disputada no Palácio Omnisports, em Paris. O bronze ficou com a França e a Coréia do Sul. A equipe brasileira - formada por Denilson Lourenço (-60kg), Leandro Cunha (-66kg), Leandro Guilheiro (-73kg, Moacir Mendes Jr (-73kg), Flávio Canto (-81kg), Tiago Camilo (-81kg), Hugo Pessanha (-90kg), Mário Sabino (-100kg), Luciano Correa (-100kg) e Daniel Hernandes (+100kg) - terminou na sétima colocação. A equipe brasileira foi superada pela Rússia logo na primeira rodada por 4 a 2 e teve que ir à repescagem para lutar pela terceira colocação. Na fase seguinte, o time dirigido pelo técnico Luís Shinohara passou pela Holanda (4 a 3) e foi para a final com os japoneses, que haviam superado a Oceania por 7 a 0 - com sete ippons. Mas na finalíssima, os brasileiros perderam para os nipônicos 4 a 1. ?Não foi o que esperávamos e por isso deixamos Paris tristes. Mas mostramos uma equipe com muita vontade e força para lutar?, disse Tiago Camilo, que venceu seus dois confrontos lutando entre os médios. ?Sabia que podia me sair bem nesta categoria pois tenho facilidade de enfrentar atletas mais parados. Mas de nada valeu se o time perdeu. Estamos todos juntos nessa?, analisou. Na disputa pelo bronze, a França, que foi campeã no feminino no sábado, venceu sem dificuldades a Ucrânia por 6 a 1, enquanto que a Coréia do Sul surpreendeu ao bater o Japão, campeão dos dois últimos Mundiais.

Agencia Estado,

17 Setembro 2006 | 13h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.