1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Governo define datas para revelar orçamento dos Jogos do Rio em 2016

Agência Estado

22 Janeiro 2014 | 12h 52

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, já havia antecipado que a definição da matriz de responsabilidades da Olimpíada estava nos últimos detalhes

BRASÍLIA - O ministério do Esporte anunciou nesta quarta-feira, por meio de nota oficial, que foi definido, em conjunto com o Comitê Organizador da Olimpíada de 2016, a Autoridade Pública Olímpica (APO), o governo do Estado do Rio e a prefeitura da capital carioca, o calendário de divulgação dos orçamentos e responsabilidades dos Jogos.

O governo informou que o anúncio ocorrerá em três etapas, sendo que a primeira delas ocorrerá nesta quinta, às 16 horas, no Rio, onde será divulgado o "orçamento do planejamento e operação dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016".

Em seguida, na próxima terça-feira, às 10 horas, também na capital carioca, a Autoridade Pública Olímpica (APO) apresentará a Matriz de Responsabilidades, que é a lista de projetos governamentais exclusivamente associados à organização e realização dos Jogos Olímpicos.

Já na terceira etapa, prevista para segunda quinzena de março em data e local a serem definidos, o governo federal, o governo do Estado do Rio e a prefeitura da capital carioca "anunciarão o plano de antecipação e ampliação dos investimentos federais, estaduais e municipais em políticas públicas, alavancados pelo projeto olímpico, que estão sendo feitos na cidade do Rio de Janeiro e no País, em decorrência da decisão de nacionalizar os benefícios dos Jogos", informou o comunicado desta quarta.

Na última terça-feira, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, já havia antecipado que a definição da matriz de responsabilidades da Olimpíada estava nos últimos detalhes e seria anunciada nos próximos dias. Ele fez a revelação após reunião no Palácio do Planalto com a presidente Dilma Rousseff, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), e o prefeito da capital carioca, Eduardo Paes (PMDB), que serviu para discutir os preparativos para o importante evento esportivo.

Também na terça, durante o encontro ocorrido em Brasília, Thomas Bach disse confiar na preparação do Rio para a Olimpíada, mas voltou a alertar que a cidade não tem mais nenhum tempo a perder como organizadora da competição. Ele enfatizou que o bom aproveitamento dos dias que faltam para o início do evento "é chave para fazer com que esses Jogos sejam bem-sucedidos".

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo