Divulgação
Divulgação

GP São Paulo de Turfe ocorre em meio à grave crise financeira do Jockey

Com entrada franca, evento marca renovação do espaço em busca de receitas

Luis Filipe Santos, O Estado de S.Paulo

04 Maio 2017 | 11h34

A nova administração do Jockey Club aposta no GP São Paulo de Turfe, que será realizado sábado e domingo, para atrair um novo público e revitalizar o local. O evento é visto como uma oportunidade de melhorar as receitas do Jockey, que enfrenta grave crise financeira: nos últimos meses, funcionários entraram em greve por falta de pagamento, a dívida com fornecedores aumentou e o Jockey não conseguia pagar boas premiações aos donos de cavalos competidores, o que acabou diminuindo o interesse em corridas. A dívida de IPTU é outro entrave na administração do espaço e a nova diretoria chegou a se reunir com o prefeito João Doria (PSDB) para negociar alternativas para o local - uma das ideias do tucano é transformar o Jockey Club em um parque público.

Por isso, o GP São Paulo de Turfe terá outras atrações além das corridas. Serão montados food trucks e espaços para crianças montarem cavalos e pôneis. Segundo o vice-presidente do Jockey, Alessandro Arcangeli, a não-renovação do público das corridas foi um dos problemas que levaram o espaço à situação de calamidade financeira. "O Jockey parou no tempo. Boa parte das pessoas são frequentadores antigos, que conheceram a atividade muitos anos atrás. Por isso, nosso principal desafio é atrair um público mais jovem", disse. A nova diretoria montou também um grupo de frequentadores mais jovens para discutir maneiras de atrair um novo público ao espaço.

No fim de semana, a entrada para o GP São Paulo de Turfe será franca e não é necessário utilizar terno e gravata, exceto em uma das arquibancadas. No sábado ocorrem provas preliminares e de categorias menores. A corrida principal será no domingo, às 17h. O balcão de apostas funcionará durante todo o final de semana.

"É um dia diferente, em um lugar bonito, com muito verde, agradável para passar o final de semana com a família. Estamos abertos para todos os públicos", disse o vice-presidente.

Em busca de soluções para os problemas financeiros, o Jockey tenta alugar seus espaços para novos eventos. "Temos restaurantes, por exemplo, mas por mim teríamos muitos outros mais. Claro que sempre respeitando a arquitetura do local, que é em grande parte tombada", declarou Arcangeli.

O Hipódromo chegou a ser alugado para o festival de música Lolapalooza, em 2012 e 2013, o que foi rentável para o Jockey, mas gerou problemas com os vizinhos, por conta do barulho e do aumento do fluxo de pessoas na área. Assim, o clube busca agora outros grandes eventos, discutindo-os com a vizinhança e com a Prefeitura para minimizar os transtornos.

 

Festival do Grande Prêmio São Paulo de Turfe 2017

Data: 06 e 07 de maio

Horário: das 13h às 20h

Local: Jockey Club de São Paulo

Endereço: Av. Lineu de Paula Machado, 1263 – Cidade Jardim – São Paulo

Telefone: 11 2161-8300

Site: www.jockeysp.com.br

Faixa etária: livre

Entrada gratuita

Capacidade: 2.500 lugares (pessoas sentadas, arquibancadas cobertas)

Traje: passeio completo somente para arquibancada social. Sem restrições para as arquibancadas especiais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.