Guga volta a jogar em novembro, mas será apenas exibição

Ainda com esperanças de voltar ao circuito profissional e com sonhos de reconquistar uma posição entre os líderes do ranking mundial, Gustavo Kuerten volta a jogar em novembro: será uma exibição no Banco Cruzeiro do Sul Challenger, no Club Med de Itaparica, na Bahia, onde tradicionalmente é realizado todos os anos um evento de tênis. Guga vai fazer apenas um jogo durante o evento. Será sua primeira partida de simples desde fevereiro, quando perdeu na estréia do Brasil Open, na Costa do Sauípe, também na Bahia, para o gaúcho André Ghem. Marca também seu primeiro jogo desde que reatou a parceria com o técnico Larri Passos. Uma exibição sempre tem um ritmo diferente e está longe da pressão e da exigência de uma partida do circuito profissional. Mas, pelo menos, servirá para avaliar a atual condição física do tenista, que é seu ponto vulnerável, uma vez que tecnicamente ainda é dono de golpes poderosos e eficientes. Com essa exibição na terceira semana de novembro fica claro também que Guga só pensa mesmo em retomar o circuito profissional no próximo ano. Afinal, no mês de dezembro já não há competições no calendário do tênis e o circuito de challengers latino-americano, a Copa Petrobrás, que poderia contar com a participação do brasileiro, já estará terminada. No objetivo de preparar sua volta aos torneios profissionais, Guga poderá participar de outras exibições, o que poderia ajudá-lo a ganhar ritmo de jogo, embora estas partidas sempre sejam jogadas num clima mais descontraído.

Agencia Estado,

25 Outubro 2006 | 22h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.