Jae C. Hong/ AP
Jae C. Hong/ AP

Hóquei no Gelo unifica as Coreias em partida histórica nos Jogos de Inverno

Presidente do Comitê Olímpico Internacional, o alemão Thomas Bach acompanhou a partida vencida pela Suíça

Estadão Conteúdo

10 Fevereiro 2018 | 16h10

Pela primeira vez na história uma seleção formada por jogadoras norte e sul-coreanas disputaram os Jogos Olímpicos. Na estreia do hóquei feminino na Olimpíada de Inverno em Pyeongchang, na Coreia do Sul, a Coreia foi derrotada pela Suíça por 8 a 0. O time foi formado por 23 atletas sul-coreanas e 12 norte-coreanas.

+Esquiadora sueca leva 1º ouro em Pyeongchang; patinador é 1º coreano a triunfar

+Atletas das Coreias do Norte e do Sul desfilam juntos na abertura da Olimpíada de Inverno

Os dois países ainda estão tecnicamente em guerra desde um armistício de 1953, mas retomaram as conversas. O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), o alemão Thomas Bach, estava na plateia e acompanhou a partida histórica.

Também neste sábado foi divulgado que a cerimônia de abertura dos Jogos de Inverno, na última sexta-feira, sofreu um ataque cibernético por parte de alguns hackers, segundo informou o Comitê Organizador. O ciberataque nos servidores da organização da competição provocou transtornos no Centro de Imprensa Principal.

Em consequência disso, a organização teve de apagar os servidores do final da noite de sexta-feira até o início da manhã deste sábado. A paralisação durante algumas horas do site dos Jogos atrapalhou o público que pretendia imprimir os seus ingressos, de acordo com Comitê Organizador, que afirmou ainda desconhecer os motivos do ataque na cerimônia de abertura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.