AFP
AFP

IAAF pede retirada de medalhas olímpicas de atletas russos

Agência Antidoping da Rússia confirma solicitação da entidade

Estadão Conteúdo

26 Março 2015 | 13h12

A Agência Antidoping da Rússia (Rusada) explicou nesta quinta-feira que a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) quer que dois competidores da marcha atlética do país percam suas medalhas conquistas nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, por causa de doping.

A IAAF revelou na última quarta-feira que entrou com um recurso na Corte Arbitral do Esporte (CAS) contra o que classificou como punições "seletivas" impostas a atletas russos no início deste ano, argumentando que a decisão da agência do país manteve erroneamente a validade de alguns resultados.

A Rusada confirmou em comunicado divulgado nesta quinta-feira que um dos principais focos do recurso é que "a IAAF não concordou com a nossa decisão de manter em vigor" os resultados de Sergei Kirdyapkin e Olga Kaniskina nos Jogos Olímpicos de Londres. Kirdyapkin conquistou o ouro no evento masculino de 50 quilômetros, enquanto Kaniskina foi medalhista de prata na prova feminina de 20 quilômetros.

Além de Kirdyapkin e Kaniskina, os outros atletas envolvidos são os marchadores Sergei Bakulin, Vladimir Kanaykin e Valery Borchin, bem como Yulia Zaripova, competidora da prova dos 3 mil metros com obstáculos.

Se as punições foram estendidas, Zaripova e Bakulin correm o risco de perder as medalhas de ouro conquistadas no Mundial de 2011. Além disso, Kaniskina também poderia perder sua medalha de ouro do Campeonato Europeu de 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.