Jadel Gregório se contunde e leva a prata no salto triplo

Jadel Gregório desistiu da prova de salto triplo do Troféu Brasil, na manhã deste domingo, no Ibirapuera, em São Paulo, e acabou apenas com a medalha de prata da prova, ao marcar 16,49 metros em seu único salto do dia. Ele sofreu uma lesão na coxa durante o aquecimento e resolveu não prosseguir na competição. A desistência de Jadel abriu caminho para a vitória do Jefferson Dias Sabino, que também faz parte da equipe BM&F, de 23 anos, que saltou 16,71 metros. Ele havia sido medalha de bronze no Troféu Brasil do ano passado. O bronze foi para Thiago Jacinto, com 16,14 metros. Nos 800 metros rasos, Fabiano Peçanha confirmou o favoritismo e levou a medalha de ouro, com o tempo de 1min46s34, meio segundo à frente do segundo colocado, Osmar Barbosa dos Santos. "Foi uma prova muito difícil, mas consegui deslanchar na última curva?, contou Fabiano. Acidente Durante o aquecimento para a prova de lançamento de dardo, a árbitra Lia Mara Lourenço teve seu pé acertado em cheio por um dardo, enquanto caminhava pelo campo do estádio Ícaro de Castro Mello. A peça, que pesa cerca de 800 gramas e chega em grande velocidade, cravou e prendeu o pé da árbitra ao chão. Ela entrou para pegar um dardo que havia sido lançado por Luis Fernando da Silva, e foi acertada pelo lançamento de Lauro César Freitas Mendes. O socorro demorou cerca de 10 minutos, e ela foi levada às pressas de ambulância para um hospital da região. (Colaborou Heleni Felippe) Atualizada às 17h15

Agencia Estado,

24 Setembro 2006 | 11h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.