Jogos Olímpicos chegam ao fim: relembre alguns recordes que foram quebrados em Londres/2012

No revezamento 4x100m, atletas jamaicanos terminaram a prova com um novo e incrível recorde: 36s84

O Estado de S. Paulo,

12 Agosto 2012 | 15h53

LONDRES - Os jogos de Londres registraram alguns recordes pessoais e em equipes. O Brasil, por exemplo, que vai sediar a próxima Olimpíada nunca havia ganhado tantas medalhas. Foram 17 ao todo. O mundo também viu na Inglaterra a subremacia jamaicana no atletismo. Não há corredores mais rápidos que Bolt e seus companheiros. Veja alguns destaques da competição, que chegou ao fim neste dia 12 de agosto.

Medalhas do Brasil

O Brasil superou as 15 medalhas conquistadas em Atlanta/1996 e Pequin/2008, quatro anos antes. Desta vez, com destaque para o boxe, que teve três conquistas, o País leva para casa 17 pódios olímpicos, sendo três deles ouros: com Sarah Menezes, no judô; o time feminino de vôlei de quadra; e Arthur Zanetti, nas argolas.

Jamaica - revezamento 4x100m

Liderados por Usain Bolt, os atletas jamaicanos mostraram ao mundo que não há no momento ninguém mais rápidos do que ele. Voando na pista do Estádio Olímpico, o quarteto de ouro terminou a prova com um novo e incrível recorde mundial: 36s84. Na foto: Usain Bolt; Yohan Blake, Michael Frater e Nesta Carter. 

Participação feminina (Arábia Saudita, Catar, Brunei)

Pela primeira vez na história, todas as delegações dos países muçulmanos mandaram mulheres para os Jogos Olímpicos, com destaque para as atletas de Arábia Saudita, Catar e Brunei, que estream na competição. Foi uma vitória pessoal das mulheres. Na foto, Sarah Attar, da Arábia Saudita.

Recordes na natação

Dentro do complexo aquático de Londres, 34 recordes foram quebrados (nove mundiais e 25 olímpicos). E olha que isso aconteceu depois da proibição do uso dos supermaiôs. O grande nome desta Olimpíada foi o mesmo da competição de Pequim quatro anos antes, Michael Phelps. O norte-americano completou sua lista de medalhas, somando agora 22 - 18 de ouro. Phelps é o recordista de pódios olímpicos.

 

Público na final do futebol

O Estádio de Wembley tremeu com tanta gente. Pouco mais de 86 mil pessoas viram a decisão olímpica entre Brasil e México, com vitória dos mexicanos por 2 a 1. Foi o maior público de um único evento nos Jogos de Londres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.