1. Usuário
Assine o Estadão
assine
UFC

Jones responde críticos e diz que Belfort é um desafio muito maior do que Sonnen

ESPN - ESPN.com.br

20 Setembro 2012 | 13h 01

Lutadores protagonizam luta principal do evento de MMA, no próximo sábado em Toronto

SÃO PAULO - Alvo de críticas após negar uma luta contra Chael Sonnen, que acabou cancelando o UFC 151, Jon Jones respondeu àqueles que disseram que ele teve medo de perder seu cinturão dos meio-pesados. Com luta marcada contra Vitor Belfort, neste sábado, no UFC 152, no Canadá, o atual campeão afirmou que o brasileiro será um desafio muito maior para suas habilidades.

"Belfort é muito mais intimador do que Sonnen. Sonnen não tem poder de nocaute...Para quem disse que eu estava com medo, escolhi uma luta muito mais difícil", disse Jones, em entrevista coletiva do UFC 152. "Eu acho que estar preparado deixa as coisas mais fácil e, contra Sonnen, eu não estaria. Hoje estou pronto, e todos verão isso no sábado", completou.

Minimizando toda polêmica que sucedeu sua decisão de não enfrentar Sonnen, Jones afirmou inclusive que o episódio fará com que ele faça uma das melhores lutas de sua carreira. "Uma coisa certa: Tive que treinar mais. Me sinto mais rápido e forte do que nunca. Estou pronto e espero fazer a melhor luta que já fiz. Cresci muito nas últimas quatro semanas".

Além dos treinamentos, Jones revelou até a ajuda de sua sogra, para superar o cancelamento do UFC 151. "Minha sogra me disse que eu superaria isso, que deveria ver tudo como oportunidade de crescer. Acreditei nisso e é o que estou fazendo. Estou treinando duro e creio que as adversidades podem me fazer mais forte. Eu cresci e agradeço por ter passado por esses tempos difíceis".

Segundo Jones, uma vitória sobre Belfort pode ser a chave para deixar o episódio para trás. "Treinei para o Belfort e é o que quero. Acredito que uma grande luta deixará essas coisas para trás. Só lamento que nem todos que estariam no UFC 151 poderão estar aqui, mas a vida é andar pra frete e acredito que vamos superar isso", encerrou.

Confira entrevista coletiva com os lutadores ao vivo.

UFC