Judoca dos EUA é expulso da Olimpíada por doping

Nicholas Delpopolo foi testado positivo para sustância metabólica e foi desclassificado

AE-AP, Agência Estado

06 Agosto 2012 | 10h55

LONDRES - O judoca norte-americano Nicholas Delpopolo foi expulso da Olimpíada de Londres depois de ter testado positivo para a metabólicos da substância cannabis em exame antidoping realizado no último dia 30 de julho.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) confirmou que Delpopolo teve a sua participação na categoria até 73kg da Olimpíada desqualificada. Ele ficou em sétimo lugar na competição e fez o teste antidoping após a sua participação nos Jogos.

Nesta Olimpíada, o judoca norte-americano avançou até as quartas de final, fase em que foi derrotado pelo sul-coreano Ki-Chun Wang. A medalha de ouro desta categoria ficou com o russo Mansur Isaev, que derrotou na final o japonês Riki Nakaya.

Delpopolo foi o primeiro atleta a testar positivo para uma substância proibida durante o período de competição desta Olimpíada. Outros caso de doping já haviam sido confirmados anteriormente, como o da remadora brasileira Kissya Cataldo, mas todos eles aconteceram após a revelação de resultados de exames realizados antes do início dos Jogos de Londres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.