1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Kuala Lumpur substitui Rio de Janeiro e sediará o Prêmio Laureus

Agência Estado

05 Fevereiro 2014 | 10h 26

Perder a sede do evento foi um grande baque para a cidade brasileira, que se prepara para os Jogos Olímpicos

KUALA LUMPUR - A próxima edição do Prêmio Laureus, honraria que é considerada o "Oscar do Esporte", será realizada no próximo mês em Kuala Lumpur. A capital da Malásia foi confirmada oficialmente nesta quarta-feira como sede do evento em substituição ao Rio, que perdeu o direito de abrigar a premiação depois de ter sido palco da mesma no ano passado.

Confirmada para acontecer em 26 de março, a 15ª edição do Prêmio Laureus teve sua nova sede anunciada menos de um mês depois de a capital fluminense ser oficialmente descartada como local da premiação. O evento estava programado para acontecer na cidade brasileira pelo segundo ano seguido, mas a "Laureus World Sports Awards" acabou rompendo o compromisso pelo não cumprimento de obrigações contratuais por parte do Rio, que não conseguiu arcar com os valores a serem pagos para se manter como sede.

Eleita substituta da capital fluminense, Kuala Lumpur foi anunciada como sede da premiação pelo ex-atleta Edwin Moses, presidente da Laureus World Sports Academy, que destacou o fato de que a honraria será entregue em um lugar inédito na história do prêmio, assim como marcará a sua primeira edição após a morte do ex-líder sul-africano Nelson Mandela.

"Estou contente de que a premiação de 2014 acontecerá em Kuala Lumpur, na Malásia. O fato de o prêmio ocorrer pela primeira vez no sudeste da Ásia representa um empolgante desenvolvimento para que a mensagem do Laureus seja estendida para uma nova parte do mundo", disse Moses, para depois acrescentar: "É claro que esta será uma ocasião muito emocional, uma vez que é a primeira edição do prêmio desde a morte de nosso patrono, o grande Nelson Mandela, e tenho certeza que, com o apoio de todos, em Kuala Lumpur, será uma cerimônia de premiação para lembrar onde nós podemos saudar heróis do esporte de hoje e de prestar homenagem ao presidente Mandela".

Ao participar da premiação do Laureus de 2000, Mandela exaltou o papel importante que o esporte pode desempenhar dentro da sociedade. "O esporte tem o poder de mudar o mundo. Tem o poder de inspirar. Tem o poder de unir as pessoas como poucas coisas podem fazer. O esporte pode despertar a esperança onde antes só havia desespero", disse, naquela ocasião, o ícone sul-africano.

Ao perder esta edição considerada histórica para a premiação, o Rio sofreu uma derrota no momento em que o Brasil está no foco do mundo como sede da Copa de 2014, sendo que a capital fluminense ainda será palco dos Jogos Olímpicos de 2016. No ano passado, o Prêmio Laureus foi entregue no Theatro Municipal do Rio e os grandes vencedores foram o jamaicano Usain Bolt e a inglesa Jessica Ennis, astros do atletismo mundial.