Leandro deve prorrogar contrato com Palmeiras

A preocupação do lateral-esquerdo Leandro pode acabar. A diretoria palmeirense já iniciou as conversas com o Porto para acertar a prorrogação do empréstimo do jogador, que se encerra em 31 de junho. E ele deve ficar pelo menos mais um ano no clube paulista. Ontem pela manhã, na volta do time aos treinos após a conquista do Campeonato Paulista, Leandro disse estar angustiado com a demora para conversar com a diretoria alviverde. "Fico ansioso pois quero resolver logo", disse o atleta. "Quero ficar no Palmeiras." Horas depois de sua entrevista, o diretor de futebol Genaro Marino avisou que as negociações com o Porto já começaram. E que o final da história deve ser aquele que Leandro deseja. "Pelo andar da carruagem, ele deve ficar sim", afirmou o cartola. "Pelo menos até o fim de julho de 2009." O diretor não descarta uma contratação em definitivo do atleta. Hoje, o Palmeiras vai apresentar oficialmente três reforços para o Brasileiro: o lateral-direito Fabinho Capixaba, o volante Sandro Silva (já treinaram ontem) e o lateral-esquerdo Jefferson. MAGO O craque Valdivia disse à Televisión Nacional, do Chile, que deseja atuar no futebol espanhol. "O melhor para mim é a Espanha", declarou. "É onde eu quero chegar." O Palmeiras diz que até agora não chegou nenhuma proposta oficial pelo Mago, apesar de vários clubes europeus já terem manifestado interesse em contar com o meia. "É um objetivo dele mesmo", falou Genaro Marino, sobre a declaração de Valdivia. "Acho que a médio prazo, não agora." A multa para levar Valdivia é 20 milhões (cerca de R$ 52 milhões). Mas por metade disso o clube pode negociar seu melhor jogador - o técnico Vanderlei Luxemburgo já falou que se aparecer uma boa proposta, o craque deve ser vendido mesmo.

Daniel Akstein Batista, O Estadao de S.Paulo

08 Maio 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.