Maratona de revezamento reúne 20 mil pessoas em São Paulo

Cerca de 20 mil pessoas, divididas em 3.700 equipes, são esperadas para a disputa da Maratona Pão de Açúcar de Revezamento, a maior prova da categoria na América Latina. A largada será às 7 horas deste domingo, na Av. Pedro Álvares Cabral, na região do Ibirapuera. A organização alerta os competidores: a corrida terá algumas alterações em relação à edição do ano passado, com o objetivo de melhorar a organização e proporcionar mais conforto aos atletas. A maratona continuará a ser disputada por equipes de dois, quatro e oito atletas, que podem ser formadas por homens e mulheres. A maior alteração é na distância entre os pontos de troca. Nas equipes de oito pessoas, por exemplo, o competidor que participar da última passagem vai percorrer o maior trecho, 6,340 km, enquanto outros três atletas do grupo vão correr 4,622 km. Outra novidade este ano é o uso de tecnologia mais sofisticada na tomada de tempos. ?Além dos chips que serão usados nos tênis, também teremos chips nas munhequeiras, que terão de ser passadas de um corredor para outro no revezamento?, disse a coordenadora de Marketing do Pão de Açúcar, Renata Gomide. A equipe Pão de Açúcar/BM&F, formada por Hudson de Souza, Celso Ficagna, Elson Gracioli, Fábio Rodrigues, Gilson da Silva, Jean Carlos da Silva, Marcos Elias e Vinícius Lopes, lutará pelo tetracampeonato. ?Estaremos com nossa força máxima apesar da ausência do Marilson (Gomes dos Santos, vencedor da última São Silvestre) e do Vanderlei (Cordeiro de Lima, medalha de bronze na maratona da Olimpíada de Atenas, em 2004). Vamos correr pela vitória?, avisou o técnico Ricardo D?Angelo.

Agencia Estado,

16 Setembro 2006 | 17h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.