Marion Jones: Contraprova dá negativo e ela pode competir

A velocista Marion Jones pode voltar a competir. A contraprova do teste a que foi submetida em junho foi negativa para EPO, que aumenta a resistência física. Por causa disso, ela pode voltar a competir e já avisou que participará da próxima etapa da Copa do Mundo de atletismo, que acontece no próximo mês. Marion esteve ligada ao caso do Laboratório Balco, produtor do THG, desenvolvido para não ser detectado em antidoping, e o COI ainda apura se usava doping quando ganhou 5 medalhas em Sydney. A velocista não disputa uma competição oficial desde 28 de julho deste ano, quando participou do torneio realizado em Londres.

Agencia Estado,

07 Setembro 2006 | 19h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.