Medalhistas do judô já sonham com os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio

Dona de uma medalha de ouro do Brasil, Sarah Meneses tenta se acostumar com notoriedade

VALÉRIA ZUKERAN, O Estado de S.Paulo

06 Agosto 2012 | 03h05

Nem bem chegaram ao Brasil, os medalhistas do judô já falam dos Jogos de 2016. Dona da única medalha de ouro do País até agora, Sarah Meneses (categoria ligeiro, - 48 kg) tenta se acostumar com a notoriedade. A atleta anunciou sua proposta de se preparar para os Jogos do Rio da mesma forma que fez para Londres - treinando no Piauí. "Vou montar uma estrutura dentro da minha cidade e criar um projeto social."

Bronze na categoria pesado (+ 100 kg), Rafael Silva acredita que o País conquistará em casa medalhas inéditas em várias modalidades. E se mostrou orgulhoso com seu resultado: "Agora sou medalhista olímpico". Felipe Kitadai, bronze nos ligeiros (- 60 kg), ganhou uma nova medalha depois de ter quebrado a sua no banho. "Ainda tomo banho com ela", brincou. Mayra Aguiar, bronze na categoria meio pesado (- 78 kg), disse que quer descansar. "Mas passa uma semana e a gente já quer vestir o quimono." A técnica da equipe feminina, Rosicléia Campos, rebateu as críticas sobre os atletas que não levaram medalha. "Todo mundo que está aqui doa sua vida pelo esporte."

JUDÔ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.