Carlos Barroso/EFE
Carlos Barroso/EFE

Medina avança com tranquilidade em Portugal e se mantém na briga pelo título

Surfista brasileiro superou o australiano Ethan Ewing por 17,34 pontos a 10,40

Estadão Conteúdo

22 Outubro 2017 | 16h34

Gabriel Medina se manteve neste domingo na disputa pelo título do Circuito Mundial de Surfe. Na terceira fase da etapa de Portugal, realizada em Peniche, o brasileiro superou o australiano Ethan Ewing com facilidade, por 17,34 pontos a 10,40, e se garantiu no na quarta rodada do evento.

+ Tudo sobre esportes

+ Medina perde primeira bateria, mas se recupera na repescagem e avança em Portugal

O triunfo de Medina foi ainda mais importante porque o atual campeão e líder da temporada, o havaiano John John Florence, também avançou após superar o português Vasco Ribeiro por 14,74 pontos a 13,73.

Como o vice-líder Jordy Smith caiu neste domingo para o australiano Josh Kerr, por 8,67 a 8,27, o brasileiro se manteve na disputa para impedir o bicampeonato de John John Florence já na etapa de Portugal, a penúltima da temporada - Medina é o terceiro na classificação geral.

 

Embalado pelo título na última etapa, na França, Medina teve um início irregular em Portugal. Perdeu a primeira bateria para Josh Kerr e precisou superar o havaiano Mason Ho na sequência. Mas, neste domingo, em fase eliminatória, demonstrou que está confiante ao fazer a melhor nota da terceira rodada..

 

A próxima fase será disputada entre três surfistas - o primeiro avança às quartas de final e os outros dois disputam uma repescagem. E os adversários de Medina serão o australiano Mick Fanning e o também brasileiro Miguel Pupo.

 

Tricampeão mundial, Fanning despachou o brasileiro Caio Ibelli por 11,40 pontos a 10,40. Já Miguel Pupo surpreendeu o seu compatriota Adriano de Souza, o Mineirinho, e ganhou por 13,54 a 13,24.

 

Outro brasileiro eliminado neste domingo foi Italo Ferreira, derrotado pelo norte-americano Kolohe Andino por 13,96 a 12,56. Andino, aliás, será o próximo adversário de John John Florence, ao lado também do australiano Connor O'Leary.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.