1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Melo abre Masters de Miami com vitória; Del Potro sente punho de novo e cai

- Atualizado: 25 Março 2016 | 21h 49

Atuando ao lado do croata Ivan Dodig, o brasileiro Marcelo Melo sofreu, mas confirmou favoritismo em sua estreia na chave de duplas do Masters 1000 de Miami, nesta sexta-feira, nos Estados Unidos. Cabeças de chave número 2 da competição, eles venceram os poloneses Lukasz Kubot e Marcin Matkowski por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (1/7) e 10/6, em 1h34min de confronto.

Assim, o brasileiro e o croata se credenciaram para enfrentar na segunda rodada o filipino Treat Huey e o bielo-russo Max Mirnyi, que em outro duelo do dia derrotaram os norte-americanos Eric Butorac e Scott Lipsky por 7/5 e 6/3.

O triunfo foi importante para Melo também pelo fato de que ele defende em Miami a condição de líder do ranking mundial dos duplistas. Por ter ido às semifinais no ano passado, quando atuou ao lado do compatriota Bruno Soares, o brasileiro defende 360 pontos na competição.

Melo tem apenas 175 pontos de vantagem sobre o britânico Jamie Murray, hoje parceiro justamente de Soares e atual vice-líder do ranking de duplistas. Desta forma, o número 1 precisa ir mais longe em Miami ou torcer por uma eliminação precoce de Jamie e Bruno no Masters local, no qual eles ainda não estrearam.

DEL POTRO REVIVE DRAMA - Horas depois de ficar sabendo de que não teria de enfrentar Roger Federer na segunda rodada da chave de simples do Masters de Miami, pois o suíço desistiu da competição nesta sexta por causa de um vírus estomacal, o argentino Juan Martín del Potro acabou sendo eliminado pelo seu compatriota Horacio Zeballos, que venceu por 2 sets a 0, com duplo 6/4.

Ex-Top 10 do ranking mundial e hoje apenas o 366º tenista do mundo, Del Potro voltou a sentir dores no pulso esquerdo, que foi operado e provocou seu afastamento por longo tempo das quadras. Em razão das dores, ele precisou receber atendimento médico no intervalo do primeiro para o segundo set.

O argentino disputou nesta sexta apenas o seu oitavo jogo nesta temporada, na qual participou anteriormente apenas do Torneio de Delray Beach e do Masters de Indian Wells, ambos também nos EUA. E, sem as condições ideais, o tenista não conseguiu ameaçar o saque de Zeballos por nenhuma vez neste confronto e ainda viu seu oponente converter os dois break points que teve para liquidar o duelo em sets diretos.

Assim, Zeballos se credenciou para enfrentar na terceira rodada o espanhol Fernanrdo Verdasco, que em outro jogo do dia passou pelo francês Jeremy Chardy, também por duplo 6/4. Já para Del Potro, o que restou foi a incerteza sobre a continuidade de sua carreira, pois anteriormente ele já ficara por um bom tempo afastado por causa de um sério problema no pulso direito, também operado.

OUTROS JOGOS - O checo Tomas Berdych, sétimo cabeça de chave, nem precisou jogar para alcançar a terceira rodada em Miami. Ele contou com a desistência do tenista da casa Rajeev Ram e assim venceu por W.O. em sua estreia. Desta forma, chegará descansado à próxima fase para encarar o norte-americano Steve Johnson, que nesta sexta passou pelo alemão Alexander Zverev por duplo 7/6, com 11/9 e 7/3 nos tie-breaks.

Já o belga David Goffin, 15º pré-classificado, estreou com vitória ao bater o espanhol Marcel Granollers por duplo 6/4. Assim, terá pela frente na terceira rodada o sérvio Viktor Troicki, que derrotou o espanhol Inigo Cervantes por 2 sets a 1, com 6/7 (6/8), 7/6 (11/9) e 7/6 (7/3).

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX