Mario Anzuoni/Reuters
Mario Anzuoni/Reuters

Mike Tyson, o campeão peso pesado das redes sociais

Depois de superar a morte da filha de 4 anos, Iron Man demonstra talento no cinema, teatro e acumula fãs na internet

Wilson Baldini Jr., O Estado de S. Paulo

09 Maio 2018 | 07h00

A morte da filha Exodus, de 4 anos, enforcada na esteira de ginástica em casa, em maio de 2009, modificou a vida de Mike Tyson. Depois de gastar grande parte de sua fortuna de US$ 300 milhões acumulada em 20 anos nos ringues com tudo de ruim que encontrou pela frente, o campeão mundial mais novo da história dos pesos pesados conheceu no terceiro casamento a importância da família. E descobriu um talento para ator que já lhe valeu pontas no cinema, um seriado de TV, um espetáculo na Broadway, com direito a direção de Spike Lee, um canal no youtube com seus filhos e dezenas de convites para participar de eventos pelo mundo.

+ Filme sobre Mike Tyson terá Bruce Willis no papel do técnico Cus D’Amato

Em 2005, após a derrota humilhante para o desconhecido Kevin McBride, os fãs temiam que o futuro do Homem de Ferro poderia ser trágico.

Parecia que os fãs estavam certos. No ano seguinte, Tyson foi preso por porte de drogas e se internou em 2007 em uma clínica de reabilitação em Los Angeles. “Eu gastava três mil dólares em conhaque e cheirava cocaína todas as noites.

Dinheiro para mim servia apenas para drogas e álcool.” Tudo levava a crer que o fim de um dos maiores pugilistas de todos os tempos estava traçado.

Mas uma tragédia familiar mudou sua vida. Em 26 de maio de 2009, Tyson não estava em casa e recebeu um telefonema dizendo que sua filha Exodus, de 4 anos, tinha sofrido um acidente. Amigos íntimos revelaram que ele se culpou por não estar perto da criança, que se enforcou acidentalmente ao brincar na esteira de ginástica. “Pensei em me matar”, revelou.

Doze dias depois da tragédia, Tyson se casou com Lakiha “Kiki” Spicer, de 41 anos, filha de um pastor protestante da Filadélfia. Os dois começaram a namorar em 2002, quando Tyson se preparava para o duelo com o britânico Lennox Lewis. “A primeira coisa que disse a ele foi para parar de beber, perder peso e deixar de comer carne”, disse Kiki. “Por seis meses comi tomate, tomei sopa de manjericão e água. Perdi 45 quilos, mas além de melhorar fisicamente, me tornei um homem bom, que vive para a família.” Tyson tem seis filhos. Vive com dois, juntamente com Kiki, e visita regularmente os outros quatro. “Nos falamos diariamente pelo telefone”, contou o Iron Man.

Aos 51 anos, Tyson está com 85 quilos, peso que só teve aos 13 anos, e diz estar em paz. “Casei com a mulher dos meus sonhos. Quero morrer ao seu lado.” Mas milhões de fãs seguem sua vida nas redes sociais.

Mais conteúdo sobre:
Mike Tyson Boxe

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.