Morre o ex-campeão dos pesos pesados, Trevor Berbick

O ex-campeão dos pesos pesados, Trevor Berbick, foi encontrado morto no sábado em frente a uma igreja da cidade de Portland, na Jamaica, com cortes na cabeça. Há suspeitas de que o atleta foi assassinado. Conhecido por ter perdido o título de sua categoria para o então jovem Mike Tyson, Berbick foi o último boxer a lutar com o lendário Muhammad Ali. Ele tinha 52 anos. A polícia local ainda investiga o caso, mas sabe-se que ele estava envolvido em uma disputa por um terreno em sua cidade natal. Logo após ter derrotado Ali em 1981, em uma decisão unânime nas Bahamas, Berbick prosseguiu sua carreira e quatro anos mais tarde venceu a decisão pelo título dos peso pesados contra Pinklon Thomas. Porém, seu reinado foi curto: Mike Tyson, na época com 20 anos, o nocauteou no segundo round da disputa pelo título no dia 22 de novembro de 1986. Desde então sua carreira entrou em decadência e o atleta acabou se metendo em diversos problemas com a lei, acusado de agressão, falsificação de documento, assalto a mão armada e estupro. Foi para a prisão em 1992. Cumpriu 15 meses de sua pena de quatro anos e foi deportado dos Estados Unidos. Depois de passar alguns anos no Canadá, voltou aos Estados Unidos e foi mais uma vez deportado. Porém, desta vez voltou ao seu país natal, a Jamaica.

Agencia Estado,

29 Outubro 2006 | 16h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.