Natação: Brasil é destaque em provas

A nadadora Ivi Monteiro estreou, nesta quarta-feira, no 36º Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos, em Belém, Pará, superando o recorde da competição nas eliminatórias dos 100 metros, borboleta, com 1min03s04. Ivi deixou a piscina confiante de que nesta quinta-feira, nas finais, poderá ficar mais próxima do recorde sul-americano, que pertence a Gabriele Rose, com 1min01s22, desde 1996. Edvaldo Valério foi o melhor nas eliminatórias dos 200 m, livre, nesta quarta-feira (1min55s30). Gustavo Borges ficou com terceiro melhor tempo (1min56s31), atrás do venezuelano Erwin Maldonado (1min55s60). Além da decisão dos 200 m, Gustavo e Edvaldo nadam nesta quinta-feira as eliminatórias dos 100 m, livre. Dos 28 nadadores brasileiros que estão no Pará, 16 integram a equipe que vai ao Mundial de Piscina Curta (25 metros), de 3 a 7 de abril, em Moscou (RUS). Nos saltos ornamentais César Castro e Juliana Veloso conquistaram, nesta quarta-feira, a medalha de ouro, respectivamente, no trampolim de 3 metros e no de 1 metro. César fez 581,15 pontos e Juliana, 230,75. No pólo aquático, o Brasil goleou o Chile por 16 a 3, com gols de Felipe Perrone (7), Beto Seabra (3), Daniel Mameri (2), Fábio Chiquidimo (2), Vicente Henriques e Leandro Machado.

Agencia Estado,

13 Março 2002 | 19h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.