1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Nicholas Santos ganha medalha de ouro no 2º dia do Mare Nostrum

AE - Agência Estado

08 Junho 2014 | 15h 13

Brasileiro é o mais rápido nos 50 m borboleta em Mônaco

O Brasil teve um bom dia neste domingo, no fechamento da etapa de Mônaco do Mare Nostrum, principal circuito europeu de natação. A equipe faturou três medalhas, sendo uma delas de ouro, com Nicholas Santos, que venceu nos 50 m borboleta. João Luiz Gomes ainda foi prata nos 50 m peito e Raphael Rodrigues bronze nos 100 m peito.

As provas de velocidade no Mare Nostrum têm um modelo diferente e a final é disputada apenas por dois atletas. Nicholas foi o mais rápido na semifinal, com 23s59, e, na final, venceu o alemão Steffen Deibler, com 23s60. O brasileiro, atleta da Unisanta, é o sétimo mais rápido do ranking mundial, com os 23s23 que fez no Maria Lenk.

Em Mônaco, o Brasil foi representado pela sua seleção militar, uma vez que foi o ministério da Defesa quem pagou a viagem dos atletas, que são todos militares. João Luiz Gomes foi prata nos 50m peito, com 27s78, enquanto Raphael Rodrigues terminou em quinto. Os dois, além de militares, treinam no Centro Olímpico do Espírito Santo (Coes).

Raphael foi ao pódio nos 100 m peito, prova na qual é especialista, com 1min01s94. Ele bateu apenas três centésimos à frente do companheiro Henrique Barbosa. Nos 200 m, decepção, uma vez que nem João de Lucca nem Leonardo de Deus conseguiram ficar entre os 20 primeiros.

No feminino, o Brasil não foi tão bem em Mônaco. O principal resultado deste domingo foi de Graciele Hermann, quinta nos 50m livre, com 25s58, um centésimo e uma posição à frente de Alessandra Marchioro. Larissa Martins acabou em oitavo nos 100m livre.