Site oficial/CBHb
Site oficial/CBHb

No 1º jogo após Mundial, seleção masculina de handebol bate Argentina em amistoso

Brasil passa pelo rival com vitória por 21 a 18, em São Bernardo do Campo (SP)

Estadão Conteúdo

25 Outubro 2017 | 22h34

No seu primeiro jogo depois da disputa do Mundial da França, que aconteceu em janeiro, a seleção brasileira masculina de handebol comandada pelo técnico Washington Nunes enfrentou a Argentina em um amistoso e venceu por 21 a 18 (10 a 9 no primeiro tempo), nesta quarta-feira, no ginásio Adib Moyses Dib, em São Bernardo do Campo (SP).

O Brasil jogará mais um amistoso nesta quinta-feira, às 19 horas, no mesmo local. Será contra o Chile, país que tem uma equipe em pleno crescimento e cada vez mais com resultados significativos no cenário internacional.

Na sequência será realizada a quarta edição do Torneio Quatro Nações, também em São Bernardo do Campo, que ainda contará com o Uruguai. Nesta sexta-feira, às 19 horas, o Brasil jogará contra os uruguaios. No sábado, às 18 horas, o rival brasileiro será o Chile. Por fim, no domingo, às 10 horas, a seleção de Washington Nunes enfrentará a Argentina.

Nesta quarta-feira, o duelo foi muito parelho no primeiro tempo e a equipe brasileira terminou com um gol à frente dos argentinos antes do intervalo. Já na etapa final, os brasileiros chegaram a ficar atrás no placar, mas conseguiram reagir e fecharam o marcador com três gols de vantagem. Fábio Chiuffa, do Brasil, e Julian Cueto, da Argentina, foram os artilheiros do jogo com cinco gols cada.

"Muitos atletas jogam na Europa e têm outros esquemas de jogos. Quando eles voltam para o Brasil, precisam recuperar o sistema defensivo 5:1, que é nossa característica. Isso demanda um certo tempo para os jogadores. Acredito que ao longo da semana vamos melhorar o sistema defensivo, que não foi ruim e tomou só 18 gols. Ofensivamente, precisamos ir pontuando as coisas passo a passo", explicou Washington Nunes.

"Hoje (quarta-feira) também foi um dia de escolhas. Não era o time todo titular, fomos dando base para outros jogadores participarem, e o tempo deles ainda não está perfeito. Ao longo da semana, vamos aperfeiçoar isso e melhorar. Eles conseguiram dar um bom retorno e venceram a partida com um número de gols que foi suficiente", acrescentou o treinador.

O capitão Thiagus Petrus também falou sobre o duelo desta quarta-feira. "Foi um jogo um pouco atípico para um Brasil e Argentina, com os dois times rodando, começando o ciclo e experiências novas. Não foi o melhor nível técnico das duas seleções, mas foi um jogo de evolução. Estamos no caminho certo, e esse foi o primeiro passo desta semana", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.