Novamente sem Edílson, Grêmio faz treino tático sem indicar time para estreia

Tricolor encara o Botafogo na primeira rodada do Brasileirão

Estadão Conteúdo

10 Maio 2017 | 18h34

O técnico Renato Gaúcho comandou um trabalho tático no CT Luiz Carvalho nesta quarta-feira, sem indicar a escalação do Grêmio para a estreia no Campeonato Brasileiro. Sofrendo mais uma vez com desfalques, o treinador despistou sobre o time que encara o Botafogo no domingo, em casa.

Renato dividiu o elenco do Grêmio em três times de oito jogadores e comandou uma atividade em apenas uma das metades do campo. O treinador colocou estas equipes para se enfrentarem e o vencedor encarava os adversários que estavam do lado de fora. Os goleiros Marcelo Grohe, Bruno Grassi, Leo e Dida se revezaram no gramado.

O time sem colete teve Léo Moura, Bruno Rodrigo, Bressan, Wallace Oliveira, Jailson, Lincoln, Machado e Fernandinho. O verde, foi representado por: Ramiro, Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira, Arthur, Maxi Rodrigues, Ty Sandows e Everton. Já a equipe de dourado atuou com: Leonardo Gomes, Rafael Thyere, Michel, Bruno Cortez, Kaio, Gastón Fernández, Luan e Pedro Rocha.

A principal novidade do dia ficou por conta da ausência do lateral-direito Edílson, em meio a uma semana conturbada do jogador. Após se recuperar de lesão muscular sofrida na semifinal do Campeonato Gaúcho, contra o Novo Hamburgo, ele voltou a treinar na tarde da última terça-feira. De acordo com o Grêmio, no entanto, uma indisposição gastrointestinal o tirou do trabalho desta quarta.

Outros que seguiram fora das atividades gremistas foram os atacantes Beto da Silva e Lucas Barrios. Diante de tantas dúvidas, o Grêmio que entrará em campo para encarar o Botafogo deve ser definido somente nos próximos dias.

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.