Alkis Konstantinidis / Reuters
Alkis Konstantinidis / Reuters

Organizadores dos Jogos de Inverno de Pyeongchang acendem tocha na Grécia

Dirigente sul-coreano promete uma Olimpíada sob "paz e harmonia"

Estadão Conteúdo

31 Outubro 2017 | 10h50

Os organizadores dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang deram nesta terça-feira o pontapé inicial no evento que será realizado em fevereiro. Na Grécia, eles acenderam a tocha olímpica, que fará revezamento até o dia da cerimônia de abertura da Olimpíada, no dia 9 de fevereiro, na cidade da Coreia do Sul.

+ Campeão Shaun White sofre acidente durante treinamento

+ Escândalos e custo afugentam cidades candidatas aos Jogos Olímpicos

Com duração de 90 minutos, o evento foi realizado com a presença de atrizes representando sacerdotisas no Estádio Panatenaico, em Atenas. O local, construído todo em mármore branco, foi palco da primeira edição das Olimpíadas modernas, no ano de 1896.

A cerimônia contou com as presenças do presidente do Comitê Olímpico da Grécia, Spyros Capralos, e do presidente do Comitê Organizador dos Jogos de Pyeongchang-2018, Lee Hee-beom. O dirigente da próxima edição da Olimpíada de Inverno prometeu uma competição realizada sob "paz e harmonia", apesar das recentes tensões entre a Coreia do Sul e a vizinha Coreia do Norte.

O revezamento da tocha terá início logo na sequência da cerimônia. Com duração de 100 dias, a trajetória vai envolver 7.500 carregadores e vai visitar 17 cidades e províncias sul-coreanas nas próximas semanas. A Olimpíada de Pyeongchang será realizada entre os dias 9 e 25 de fevereiro de 2018.

Mais conteúdo sobre:
Olimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.