Ouro olímpico nos 100m livre, Chalmers desiste do Mundial por problema cardíaco

Australiano passará por cirurgia em julho

Estadão Conteúdo

24 Maio 2017 | 11h42

O Mundial de Esportes Aquáticos sofreu uma baixa de peso. Uma das surpresas dos Jogos Olímpicos do Rio ao vencer a prova dos 100 metros livre, o australiano Kyle Chalmers não participará do evento agendado para julho porque precisará passar por uma cirurgia em razão de problemas cardíacos.

Chalmers tem taquicardia supraventricular, que acelera o ritmo cardíaco. O problema normalmente não é fatal, mas pode afetar sua qualidade de vida. O nadador australiano, de apenas 18 anos, explicou que já passou por uma primeira operação por causa disso, mas agora precisará ser submetido a uma nova cirurgia.

"Eu tenho cada vez mais começado a sofrer de um ritmo cardíaco anormalmente rápido durante os treinamentos e competições e isso agora exige cirurgia", disse Chalmers em um comunicado oficial. "Eu passei por uma cirurgia no passado e, infelizmente, ela não funcionou".

Chalmers afirmou que foi uma decisão difícil perder o Mundial de Budapeste, mas que tomou a decisão pensando mais a longo prazo na sua carreira, o que inclui a sua participação nos Jogos da Commonwealth de 2018, marcado para abril, em Gold Coast.

Em abril, Chalmers ficou em segundo lugar na prova dos 100m nos Campeonato Australiano, atrás de Cameron McEvoy. Agora, porém, ele passará por cirurgia nas próximas semanas.

"Nunca há um bom momento para este tipo de procedimento, mas dado que sofri destes sintomas durante duas das últimas três competições e seguindo o conselho do meu médico, tomei a difícil decisão de desistir", concluiu Chalmers.

Mais conteúdo sobre:
natação cirurgia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.