WSL/Arquivo Pessoal
WSL/Arquivo Pessoal

Parentes de Ricardinho dos Santos se emocionam em homenagem ao surfista

Iniciais RDS dão nome à única etapa na América do Sul que classifica para a final do Mundial Pro Junior

Estadão Conteúdo

04 Outubro 2017 | 17h38

O surfista Ricardinho dos Santos, assassinado em 2015 por um policial na Guarda do Embaú, em Santa Catarina, será homenageado com a única etapa na América do Sul que classifica para a final do Mundial Pro Junior. As iniciais de seu nome batizam o RDS Pro Junior, que será disputado na praia catarinense, entre 13 e 15 de outubro.

+ Sophia Medina se inspira no irmão Gabriel para brilhar no surfe

+ Preparador físico de Sophia Medina aponta futuro promissor para a surfista

A mãe de Ricardinho, Luciene dos Santos, se emocionou com a homenagem. "É um grande orgulho para toda a família saber que a imagem de Ricardo está sempre viva em um esporte que ele praticou e desfrutou tanto. É uma felicidade enorme ter sua imagem nesta competição na Guarda, o que trará um benefício para todos os moradores durante um período de baixa temporada. Eu me sinto muito feliz com o torneio porque manterá a imagem viva entre nós e acredito que será um grande evento", disse.

João Antônio e Martin, irmãos de Ricardinho, também festejaram a disputa do RDS Pro Junior no local. "Estou muito feliz em ver que o nome do meu irmão está fornecendo muitas possibilidades para as pessoas que querem ser surfistas reais. A Guarda do Embaú proporcionará um evento inquestionavelmente bonito e estamos à espera de todos", afirmou João. "O nome dele está no evento. Todos os seus amigos estarão presentes e todos irão surfar nas suas ondas. É um tributo perfeito", completou Martin.

Em janeiro de 2015, o surfista foi atingido por três tiros dados pelo policial militar Luiz Brentano, que era do 8º Batalhão de Joinville e estava de folga na Guarda do Embaú, após uma discussão. O atleta não resistiu aos ferimentos no tórax e no abdômen e morreu no Hospital Regional de São José, mesmo sendo submetido a quatro cirurgias.

Mais conteúdo sobre:
Surfista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.