1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Confira tudo sobre o Pan 2011

Patinador brasileiro supera roubo e sagra-se tricampeão do Pan

AE - Agência Estado

25 Outubro 2011 | 00h 06

Marcel Sturmer brilha em Guadalajara com trilha sonora inspirada no agente secreto 007

GUADALAJARA - Nove dias depois de ser assaltado e perder todo o equipamento que usaria nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, Marcel Sturmer deu a volta por cima. Nesta segunda-feira, o brasileiro conquistou o tricampeonato pan-americano na patinação artística com uma apresentação efusivamente aplaudida pela torcida presente ao Patinódromo, o local de disputas da modalidade em Guadalajara.

Marcel foi assaltado em Porto Alegre, onde mora, às vésperas de viajar para o México. Ele se preparava para sair de casa com a esposa quando seu carro, onde já estava seu equipamento, foi roubado. Mesmo com patins novo e roupa adaptada, o brasileiro venceu seus rivais do Pan com desempenho muito superior.

Nesta segunda-feira, no programa longo (responsável por 75% da nota final), Marcel se apresentou com uma trilha sonora inspirada no agente secreto 007, dos cinemas, e somou 134.20 pontos. No programa curto, sábado, o brasileiro já havia liderado. Na soma das duas provas, ele fez 553.20 pontos, contra apenas 513.10 do argentino Daniel Arriola, segundo colocado. O bronze ficou com Leonardo Parrado, da Colômbia.

Esta não foi, porém, a única medalha conquistada pelo Brasil na patinação artística. Pouco antes, nesta segunda, a jovem Thalita Haas, de apenas 16 anos, uma das caçulas da delegação, conquistou o bronze na prova feminina. A patinadora brasileira somou 484,60 pontos e só ficou atrás da argentina Elizabeth Soler (ouro, com 516,40 pontos) e da chilena Marisol Villarroel (prata, com 494,40).

Confira tudo sobre o Pan 2011