1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Patrocinador dos Jogos do Rio/2016 ajudará na recuperação de Lais

Marcio Dolzan - O Estado de S. Paulo

13 Março 2014 | 13h 05

Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos do Rio anuncia mais um patrocinador para o evento

RIO - O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos do Rio anunciou nesta quinta-feira mais um patrocinador para o evento. A EF Education First, maior empresa educacional do mundo, presente em 52 países e especializada no ensino de línguas e intercâmbio, irá desenvolver um programa que pretende ensinar inglês para 1 milhão de brasileiros até a Olimpíada de 2016.

O presidente do Comitê Organizador dos Jogos e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, aproveitou a solenidade de assinatura do acordo para informar também que a EF irá auxiliar na recuperação da ex-ginasta Lais Souza, que está internada nos Estados Unidos se recuperando de um grave acidente de esqui. "Eles irão a Miami visitar a Lais e providenciar um professor de inglês para ela. Acho que isso já é uma demonstração de carinho, de vontade, e mais uma demonstração do que o COB vem fazendo pela recuperação dela", explicou o dirigente.

Ex-ginasta de sucesso - esteve em duas edições da Olimpíada (Atenas/2004 e Pequim/2008) -, Lais Souza começou a competir no ano passado no esqui aéreo estilo livre e treinava para os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi quando sofreu o grave acidente, no dia 27 de janeiro, nos Estados Unidos. Ela está internada no Jackson Memorial Hospital, em Miami, que é especializado em lesões na coluna cervical, e vem mostrando evolução no trabalho de reabilitação.

PATROCÍNIO

De acordo com Enio Ohmaye, um dos executivos da EF presentes ao ato de assinatura do contrato nesta quinta-feira, o acordo é o maior já realizado pela companhia - que foi parceira de outras edições da Olimpíada, incluindo os Jogos de Inverno que aconteceram nesta ano em Sochi. "Esse projeto tem uma escala sem precedentes para a EF: um milhão de pessoas serão atingidas por um projeto. É um passo muito importante na história (da empresa)", afirmou.

"A EF não vai receber um centavo do Comitê, ou do governo federal, ou do governo local. Na verdade, além do treinamento, a EF vai contribuir fundos para o sucesso da Olimpíada do Rio", garantiu Ohmaye, sem citar valores.

A parceira pretende ensinar o idioma inglês para todos os 300 mil voluntários que deverão se candidatar a uma das 75 mil vagas que deverão ser preenchidas para os Jogos Olímpicos do Rio. Atletas também deverão ser beneficiados, bem como 550 mil alunos da rede pública de ensino do Rio, que receberão material didático da empresa.

Segundo André Marques, um dos representantes da empresa no Brasil, a expectativa é que o programa de treinamento esteja concluído até o início de 2016. "Com nossa expertise, que já desenvolvemos em outros Jogos, claro que aqui é um contexto diferente, a gente começa o treinamento a partir dos 300 mil voluntários, e aí teremos um ano de treinamento intensivo", contou. O Comitê Organizador do Rio/2016 deverá abrir as inscrições para voluntariado em 28 de agosto.