Pelo título mundial, Popó admite voltar a lutar

Depois do surpreendente anúncio de sua aposentadoria, na última quarta-feira, Acelino Popó Freitas admitiu neste domingo que pode voltar a lutar. Mas, segundo ele disse em entrevista à TV Globo, seria apenas para disputar o título do Conselho Mundial de Boxe (CMB), que hoje está nas mãos do cubano Joel Casamayor. "Só uma coisa me faria voltar aos ringues de boxe: se eu ganhasse o direito de disputar o título do Conselho Mundial de Boxe", disse Popó, que é o atual campeão dos leves pela Organização Mundial de Boxe (OMB). O curioso é que o título dos leves pelo CMB foi conquistado por Casamayor na madrugada deste domingo, quando ele venceu por pontos o norte-americano Diego Corrales, único pugilista que ganhou de Popó como profissional. Já o cubano enfrentou o brasileiro uma vez, pelo título dos superpenas, e acabou derrotado. Aos 30 anos, Popó encerrou a carreira com 38 vitórias, sendo 32 por nocaute, e apenas uma derrota, justamente para Corrales. Ele foi campeão mundial quatro vezes: nos superpenas, pela OMB e AMB, e nos leves, duas ocasiões pela OMB.

Agencia Estado,

08 Outubro 2006 | 15h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.