Julie Jacobson/AP
Julie Jacobson/AP

Rússia chega a sétimo ouro seguido na ginástica rítmica

A atleta Evgeniya Kanaeva, que já havia sido campeã em Pequim/2008, garantiu a medalha

AE, Agência Estado

11 Agosto 2012 | 12h43

LONDRES - A Rússia chegou, neste sábado, 11, ao seu sétimo titulo olímpico seguido na ginástica rítmica, mantendo uma hegemonia que já vem desde os Jogos de Sydney/2000. O ouro veio no individual, com a vitória de Evgeniya Kanaeva, que já havia sido campeã desta disputa também em Pequim/2008.

Kanaeva é o grande nome da modalidade na atualidade. No Mundial de Montpellier (França), ano passado, ela levou todas as seis medalhas de ouro que estavam em disputa - na Olimpíada, a única prova é o individual geral, enquanto em mundiais premia-se também o desempenho com cada elemento.

A prata em Londres também é da Rússia, com Daria Dmitrieva, de apenas 19 anos, que marcou 85.400 pontos, contra 88.000 de Kanaeva. Já o bronze ficou com Liubou Charkashyna, da Bielo-Rússia, que somou 83.625 pontos. Nenhuma brasileira se qualificou para os Jogos de Londres.

Desde que assumiu o domínio da modalidade, nos Jogos de Sydney/2000, a Rússia não perdeu a chance de ganhar nenhum ouro, tendo feito as campeãs do individual e por equipes também em Atenas/2004 e Pequim/2008. Neste domingo acontece a final por equipes em Londres e as russas, que terminaram em primeiro a fase eliminatória, são amplas favoritas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.