Issei Kato|Reuters
Issei Kato|Reuters

Rússia diz que atletas do país descartam boicote aos Jogos de Inverno

Competidores do país não poderão utilizar a bandeira russa

Estadão Conteúdo

11 Dezembro 2017 | 10h10

O Comitê Olímpico Russo declarou nesta segunda-feira que a imensa maioria dos atletas do país deseja participar dos Jogos de Inverno de Pyeongchang, na Coreia do Sul, apesar do veto à equipe nacional imposto pelo Comitê Olímpico Internacional (COI)

+ Por 'doping de estado', COI bane Rússia dos Jogos de Inverno de 2018

+ CAS anuncia recurso de 22 atletas russos punidos por doping nos Jogos de Sochi

Sofia Velikaya disse que a comissão de atletas do Comitê Olímpico Russo, que ela preside, ouviu de "todos os atletas em todos os esportes" que a maioria é favorável a competir. Ela assegurou que nenhum atleta disse defender um boicote ao evento. "No momento atual, todos estão treinando e todos estão esperando participar da Olimpíada", disse Velikaya.

Na semana passada, o COI impediu a Rússia de competir como uma equipe nacional em Pyeongchang devido ao esquema de doping durante os Jogos de Sochi, em 2014, mas permitiu a participação sob uma bandeira neutra e como "atletas olímpicos de Rússia". Anteriormente, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que o governo não pretendia adotar um boicote.

O porta-voz do Comitê Olímpico Russo, Konstantin Vybornov, disse que as equipes do biatlo e do snowboard gravaram vídeos afirmando sua vontade de competir, enquanto a equipe masculina de hóquei escreveu "uma carta coletiva".

Alguns russos afirmam que é vergonhoso para os atletas competir na Olimpíada sem a sua bandeira nacional. Mas Velikaya defendeu os atletas, dizendo que todos que estiveram assistindo o evento saberão quem é da Rússia. "A escolha de competir na Olimpíada é estritamente individual", disse Velikaya. "Peço à sociedade russa para tratar as decisões dos atletas com compreensão e respeito".

Como o COI vai enviar convites a russos nas próximas semanas para os Jogos de Inverno, Velikaya revelou que os dirigentes esportivos russos vão preparar listas com suas equipes preferidas, com a intenção de evitar que atletas com chances reais de faturar medalhas não fiquem fora da Olimpíada.

Mais conteúdo sobre:
Olimpíada de Inverno Rússia doping

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.