1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Seleções de handebol vencem rodada dupla em Joinville

AE - Agência Estado

10 Junho 2014 | 23h 29

A terça-feira foi de festa para o handebol brasileiro na cidade de Joinville (SC). O torcedor que lotou o ginásio da Univille acompanhou uma rodada dupla de amistosos da seleção brasileira. Primeiro, o time masculino enfrentou o Uruguai e, depois de sofrer até a metade do segundo tempo, venceu por 29 a 21. Na sequência, a equipe feminina, a atual campeã mundial, não teve trabalho para ganhar da Tunísia por 29 a 17.

A grande atração da noite era a partida da seleção feminina, agora com o status de ser a melhor do mundo e que neste ano só fará amistosos por não ter competições oficiais pela frente. As comandadas do técnico dinamarquês Morten Soubak foram melhores em quadra e só tiveram dificuldade contra a Tunísia na primeira metade do primeiro tempo, quando as africanas conseguiram equilibrar as ações e ficaram apenas um gol a atrás no placar (4 a 3).

A partir daí, só deu Brasil. Em menos de três minutos o time campeão mundial abriu seis gols de vantagem, com três de Samira e dois de Deonise. Com a defesa brasileira mais sólida, a Tunísia ficou 12 minutos sem marcar um gol sequer e o resultado do primeiro tempo foi 17 a 5.

Para a segunda etapa, Morten Soubak resolveu fazer um rodízio na seleção e o nível técnico caiu. A consequência disso foi o equilíbrio de forças em quadra. Tanto que o período terminou empatado em 12 a 12, com a vitória brasileira confirmada em 29 a 17.

Na primeira partida do dia, o time masculino teve dificuldades contra o Uruguai. As seleções se revezaram na liderança do placar até a metade do segundo tempo, quando o Brasil se impôs e conseguiu abrir uma diferença tranquila para ganhar o amistoso.

A equipe comandada pelo espanhol Jordi Ribera se preparam para o Campeonato Pan-Americano, que vai acontecer entre 23 a 29 de junho, no Uruguai, e é classificatório para o Mundial do ano que vem, no Catar. Nesta sexta, a rodada dupla em Joinville se repete, mas com a ordem dos jogos invertida. Às 19 horas, as mulheres enfrentam a Tunísia e na sequência, às 21 horas, os homens encaram os uruguaios.