Soderling passeia em BH, arrasa Mello e empata duelo

O sueco Robin Soderling não teve nenhuma dificuldade para vencer o brasileiro Ricardo Mello por 3 a 0 (6/0, 6/1 e 6/4), em apenas uma hora e meia de partida, na manhã deste domingo, e empatou em 1 a 1 o confronto entre as duas equipes pelo playoff do Grupo Mundial da Copa Davis. No sábado, Flávio Saretta venceu Andreas Vinciguerra por 3 a 2, em mais de quatro horas de jogo. Ainda neste domingo será disputado o terceiro confronto da série, de duplas, com Gustavo Kuerten e André Sá enfrentando Jonas Bjorkman e Simon Aspelin. Como Soderling está escalado para a quarta partida, contra o número 1 brasileiro, Saretta, o duelo só deve acabar nesta segunda-feira. Soderling dominou a partida desde o início, e só permitiu que Mello vencesse um game no quarto game do segundo set, depois de nove vitórias seguidas. Seu ponto forte foi o saque, com 12 aces e 61% de aproveitamento no primeiro serviço. "Ele sacou muito bem e não consegui ficar confortável, pois tive sempre de jogar atrás", lamentou Mello. O sueco, por sua vez, disse que não se incomodou com a lentidão do piso, e disse que o brasileiro chegou a complicar o jogo na terceira parcial. "Os dois primeiros sets foram bem fáceis, e depois ele melhorou bastante. A Davis é sempre complicada, mas gosto muito de jogar no saibro", explicou Soderling.

Agencia Estado,

24 Setembro 2006 | 11h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.