Suíça e Espanha se garantem no Grupo Mundial da Davis

As seleções da Suíça e da Espanha, graças à presença dos dois primeiros colocados do ranking mundial, se garantiram no Grupo Mundial da Copa Davis em 2007. Roger Federer e Rafael Nadal, que já haviam vencido seus jogos de simples na sexta e participado dos triunfos das duplas no sábado, venceram neste domingo e asseguraram a vitória de suas equipes sobre Sérvia e Itália, respectivamente. No jogo em Genebra, Federer venceu com tranqüilidade o sérvio Novak Djokovic por 3 a 0 (6/3, 6/2 e 6/3), e preferiu enaltecer a força da equipe suíça. "É um grande time, e acho que teremos chance de vencer a Davis no futuro", disse Federer, que ficou de fora do confronto da primeira rodada deste ano, quando a equipe suíça perdeu por 3 a 2 para a Austrália. "Tive muita diversão neste fim de semana e voltarei no ano que vem", disse o líder do ranking mundial. Nadal também minimizou sua importância, depois da vitória por 3 a 1 (3/6, 7/5, 6/3 e 6/3) sobre o italiano Filippo Volandri. "Ninguém é especial, as circunstâncias dizeram com que eu jogasse três vezes, mas o que importa é a equipe", afirmou o número 2 do mundo. Em outros confrontos definidos nos primeiros jogos deste domingo, a Alemanha marcou 3 a 1 na Tailândia com a vitória de Alexander Waske sobre Paradorn Srichaphan por 3 a 0 (6/4, 7/5 e 7/6 (14/12)); a Bélgica eliminou a República Checa com a vitória de Olivier Rochus sobre Dominik Hrbaty por 3 a 0 (6/2, 6/3 e 6/3); e a Romênia derrotou a Coréia do Sul com o triunfo de Andrei Pavel sobre Hyung-Taik Lee por 3 a 1 (4/6, 6/4, 6/3 e 6/2). Atualizada às 13h

Agencia Estado,

24 Setembro 2006 | 11h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.