1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Tiago Camilo perde de número 1 do mundo e leva prata

Agência Estado

08 Junho 2014 | 19h 40

Hugo Pessanha fatura medalha de bronze na categoria até 100kg

Não deu para Tiago Camilo na final do Grand Prix de Havana de judô, neste domingo. O brasileiro, que volta de uma lesão que o afastou dos tatames por um ano, perdeu a decisão do ouro na categoria até 90kg para o georgiano Varlam Liparteliani, que lidera o ranking mundial. Conhecido pelo estilo agressivo, buscando sempre o ippon, Camilo levou um yuko e dois wazaris na derrota.

O Grand Prix de Havana foi a segunda competição de Tiago Camilo desde a volta aos tatames. O atleta do Pinheiros havia venceu o Campeonato Pan-Americano, no Equador, e agora chegou à final. Assim, reafirma a posição de titular da categoria até 90kg e esperança de medalha para 2016 - ele foi bronze em Pequim/2008 e prata em Sydney/2000.

Na campanha em Cuba, manteve a fama e venceu três lutas por ippon, sobre Liester Cardona (Cuba), Ciril Grossklaus (Suíça) e Christophe Lambert (Alemanha). Com a prata, vai voltar ao top10 do mundo - é o 14.º colocado da lista.

BRONZE

Neste domingo, no último dia do Grand Prix, um antigo rival de Tiago Camilo, Hugo Pessanha, que subiu de peso para esse ciclo olímpico, conquistou o bronze na categoria até 100kg. Em Havana, perdeu nas quartas de final para o húngaro Gergo Fogasy, mas se recuperou na repescagem.

O Grand Prix de Havana é o primeiro evento do Circuito Mundial de Judô a contar pontos para o ranking olímpico. O Brasil tem vaga garantida em todas as categorias e a disputa pela classificação, assim, é interna. Hugo Pessanha é o terceiro brasileiro na até 100kg atualmente, atrás de Luciano Correa e Rafael Buzacarini. Renan Nunes, que hoje é o quarto, mas era o primeiro há um ano, perdeu logo na estreia em Cuba.

Após três dias de disputas, o Brasil não ganhou ouro. Ficou com três de prata (também Eric Takabatake, na até 60kg, e Erika Miranda, na até 52kg) e duas de bronze (também Sarah Menezes, na até 48kg). Neste domingo, Walter Santos, do peso pesado, fez três lutas e perdeu duas.