Brasil Pro Cycling Team/Divulgação
Brasil Pro Cycling Team/Divulgação

UCI pune time brasileiro de ciclismo por violar regras de doping

Brasil Pro Cycling Team ficará impedido de participar de competições por 35 dias

Estadão Conteúdo

24 Maio 2017 | 13h30

A União de Ciclismo Internacional (UCI) anunciou nesta quarta-feira a suspensão de uma equipe brasileira por violações das regras antidoping da entidade. O Brasil Pro Cycling Team ficará impedido de participar de competições por pouco mais de um mês por casos envolvendo dois de seus atletas.

A UCI explicou que o Brasil Pro Cycling estará banido das provas internacionais por 35 dias, entre 15 de julho e 19 de agosto. As regras da entidade permitem que uma equipe seja punida se ao menos dois de seus ciclistas violarem o código antidoping dentro do período de um ano.

Os últimos casos envolvendo o Brasil Pro Cycling foram a violação do passaporte biológico de Alex Correia Diniz, em 2015, e o teste positivo para uma substância proibida de Otávio Bulgarelli, em 2016.

A UCI explicou que a punição de 35 dias poderia ter sido maior, mas estes casos foram anteriores à última punição para a equipe, no ano passado, quando seus ciclistas foram impedidos de competir por 55 dias.

Mais conteúdo sobre:
ciclismo doping

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.