Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Ultraciclista Claudio Clarindo morre atropelado na Rodovia Rio-Santos

Esportes

Reprodução|Facebook

Ultraciclista Claudio Clarindo morre atropelado na Rodovia Rio-Santos

Atleta de 38 anos até foi socorrido, mas faleceu antes de chegar ao hospital

0

Luiz Alexandre Souza Ventura,
Estadão Conteúdo

25 Janeiro 2016 | 16h31

O ultraciclista Claudio Clarindo, de 38 anos, morreu na manhã desta segunda-feira, 25, após ser atropelado na Rodovia Rio-Santos. Ele pedalava junto com o ciclista Jacó Amorim, de 32 anos, pelo acostamento da pista sentido Bertioga, quando um veículo que seguia em direção ao Guarujá atravessou para o sentido contrário e atingiu os dois atletas. O acidente aconteceu por volta de 7h30 no km 244, em Santos.

As vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), e encaminhadas ao pronto-socorro do Hospital Santo Amaro, no Guarujá. Em nota, o hospital informou que Clarindo morreu antes de chegar à unidade de saúde. Amorim sofreu múltiplas fraturas em uma das pernas, foi submetido a cirurgia e tem quadro de saúde estável.

De acordo com a Polícia Rodoviária, o motorista que atropelou os atletas dormiu ao volante. O nome do condutor não foi informado e o caso será investigado.

Clarindo figurava na lista dos dez melhores ciclistas de longa distância do mundo. Entre suas principais conquista estão cinco conclusões da Race Across America (RAAM). Era casado e tinha um filho. Atualmente, trabalhava como Coordenador de Esportes de Praia da Secretaria Municipal de Esportes de Santos. O atleta se preparava para o circuito mundial de longa distância.

A Prefeitura de Santos divulgou nota nesta segunda para lamentar a morte do atleta. "Claudio Clarindo teve seu início esportivo como nadador, mas foi em 1992 que iniciou no triatlo, conquistando alguns títulos na categoria júnior, concluindo mais de 200 provas na modalidade, no Ironman Brazil, e realizou por dois anos consecutivos a melhor natação do evento em 1998 e 1999. Foi no ciclismo de longa distância que ele escreveu seu nome na história do esporte. Seu próximo objetivo, em 2016, seria a luta no circuito mundial de longa", ressalta a nota.

SEGURANÇA

Claudio Clarindo havia dado no último domingo instruções a uma empresa sobre segurança ao pedalar nas estradas. No ano passado, ele liderou uma manifestação em rodovias da Baixada Santista após uma sequência de assaltos a ciclistas na região.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.