William Wets / AFP
William Wets / AFP

Wozniacki estreia com vitória e Venus e Stephens são eliminadas na Austrália

Dominica Cibulkova, Samantha Stosur e CoCo Vanderweghe são mais tenistas renomadas a cair na primeira rodada

Estadão Conteúdo

15 Janeiro 2018 | 10h02

O primeiro dia do Aberto da Austrália foi marcado por favoritismo e zebras na chave feminina. A dinamarquesa Caroline Wozniacki e a ucraniana Elina Svitolina confirmaram a boa fase com vitórias na quadra dura de Melbourne. Já as norte-americanas Venus Williams, atual vice-campeã, e Sloane Stephens, campeã do US Open, caíram logo na estreia.

+ Nadal atropela dominicano em estreia na Austrália; Rogerinho perde de Kyrgios

+ Brasil apresenta a sua nova geração de tenistas no Aberto da Austrália

Atual número dois do mundo e uma das favoritas ao título, Wozniacki derrotou a romena Mihaela Buzarnescu 6/2 e 6/3. Apesar da vitória em sets diretos sobre a 44ª do ranking, a dinamarquesa faturou apenas uma quebra de saque na partida e precisou salvar seis break points. Buzarnescu liderou a estatística de bolas vencedoras: 17 contra 12.

Na segunda rodada, Wozniacki vai duelar com a croata Jana Fett, que na estreia bateu a japonesa Misa Eguchi por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2. A tenista da Dinamarca, que busca seu primeiro título de Grand Slam na carreira, briga pela posição de número 1 do mundo com a romena Simona Halep, atual líder do ranking.

Também nesta briga pela ponta, Elina Svitolina despachou a sérvia Ivana Jorovic por 6/3 e 6/2, com um pouco mais de facilidade do que Wozniacki em seu jogo. A ucraniana, 4ª do mundo, terminou a partida com cinco quebras de saque, em 13 oportunidades. E precisou salvar apenas uma ameaça ao seu serviço.

Na segunda rodada, Svitolina terá pela frente a checa Katerina Siniaková, que avançou na chave ao superar a grega Maria Sakkari por 6/2, 6/7 (5/7) e 6/4. Assim como Wozniacki, Svitolina busca o primeiro troféu de Grand Slam da carreira.

Algo que tanto Venus Williams quanto a compatriota Sloane Stephens já têm. A veterana, que perdeu para a irmã Serena na final do ano passado, não passou da estreia ao ser batida pela embalada suíça Belinda Bencic por 6/3 e 7/5. Ex-Top 10, Bencic começou a temporada motivada pelos bons resultados em torneios menores no fim de 2017 e pelo título da Copa Hopman, ao lado do compatriota Roger Federer, na primeira semana do ano.

Atualmente na 78ª colocação, a suíça vai duelar na segunda rodada com a tailandesa Luksika Kumkhum, que avançou ao derrotar a sueca Johanna Larsson por 6/3 e 7/5. Enquanto Bencic avança, Sloane Stephens interrompe de forma precoce sua trajetória em Melbourne. Grande estrela do fim da temporada passada, pelo título no US Open, ela não resistiu à chinesa Shuai Zhang pelo placar de 2/6, 7/6 (7/2) e 6/2.

Outra campeã de Grand Slam em 2017, a letã Jelena Ostapenko se saiu melhor na primeira rodada. Ela não tomou conhecimento da veterana Francesca Schiavone e ganhou da italiana por 6/1 e 6/4. Ostapenko enfrentará agora a chinesa Ying-Ying Duan, que eliminou a colombiana Mariana Duque por fáceis por 6/0 e 6/1.

Além de Stephens e Venus, decepcionaram na Austrália, com derrotas na estreia, a eslovaca Dominika Cibulkova, a local Samantha Stosur e a norte-americana CoCo Vandeweghe. Stosur perdeu para a porto-riquenha Monica Puig, campeã olímpica no Rio-2016.

Avançaram, assim, a húngara Timea Babos, a croata Petra Martic, a romena Irina Begu, as belgas Kirsten Flipkens e Elise Mertens, a francesa Alize Cornet, a alemã Julia Görges, a checa Denisa Allertová, a polonesa Magda Linette, as russas Darya Kasatkina e Anastasia Pavlyuchenkova, a local Olivia Rogowska, a alemã Mona Barthel, a estoniana Anett Kontaveit, a espanhola Carla Suárez Navarro, a holandesa Kiki Bertens, a ucraniana Kateryna Bondarenko, a eslovaca Magdaléna Rybáriková e a americana Nicole Gibbs.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.