Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Após dois bronzes, Rafaela Silva quer manter boa sequência

Esportes

Divulgação

Esportes

Judô

Após dois bronzes, Rafaela Silva quer manter boa sequência

Judoca quer usar Aberto Europeu, em Roma, como preparação

0

Estadão Conteúdo

11 Fevereiro 2016 | 16h54

Depois de um 2015 para esquecer, o ano de 2016 começou muito bem para o judô brasileiro e Rafaela Silva é prova disso. Após passar quatro torneios sem subir ao pódio no segundo semestre do ano passado, ela começou a temporada olímpica com bronze tanto no Grand Prix de Havana (Cuba) quanto no Grand Slam de Paris (França). No próximo fim de semana, a carioca, campeã mundial da categoria até 57kg em 2014, compete mais uma vez, desta vez no Aberto Europeu de Roma, na Itália.

Como os Abertos são competições que não distribuem muitos pontos para o ranking mundial, a minha expectativa é colocar o que treinei em prática, fazer uma boa competição e analisar a minha evolução", comenta Rafaela Silva.

A carioca é a única judoca brasileira que vai competir por dois finais de semanas seguidos. A equipe que vai a Roma é complementar àquela que esteve em Paris, com Nathália Brigida (48kg), Mariana Silva (63kg), Ketleyn Quadros (63kg), Maria Portela (70kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg), todas atletas que brigam para estar no Rio-2016.

A competição em Roma é exclusivamente feminina, com um Aberto Europeu masculino ocorrendo simultaneamente em Oberwart, na Áustria. Lá estarão Felipe Kitadai (60kg), Eric Takabatake (60kg), Charles Chibana (66kg), Alex Pombo (73kg), Marcelo Contini (73kg), Leandro Guilheiro (81kg), Tiago Camilo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Rafael Silva (+100kg).

O 'Baby', peso pesado, voltou de lesão e obteve resultados ruins tanto em Havana quanto em Paris. Rafael Silva já aparece quase 400 pontos atrás de David Moura no ranking mundial, enquanto vê o adversário, embalada, subir ao pódio em duas posições seguidas.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.