Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Atletas dos 5.000 metros que se ajudaram após queda recebem medalha de Fair Play

Esportes

Esportes

rio 2016

Atletas dos 5.000 metros que se ajudaram após queda recebem medalha de Fair Play

Neo-zelandesa Nikki Hamblin ajudou americana Abbey D'Agostino a completar a prova

0

Gonçalo Junior, enviado especial ao Rio ,
Estadão Conteúdo

21 Agosto 2016 | 18h06

O ato de ajudar a adversária Abbey D'Agostino após uma queda valeu a conquista da medalha de Fair Play Esportivo nos Jogos do Rio para a fundista da Nova Zelândia Nikki Hamblin. A norte-americana, que recebeu o apoio, também recebeu a distinção.

A premiação foi oferecida pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) por representar o que a entidade define como "espírito olímpico". "É muito especial para nós, Abbey e eu. Nenhuma das duas pensou que seria o nosso grande dia olímpico. Queríamos fazer o nosso melhor na pista", disse Hamblin.

A imagem, uma das mais marcantes dos Jogos do Rio, aconteceu durante a disputa dos 5.000 metros, no Engenhão. No bloco intermediário, Hamblin tropeçou e causou involuntariamente a queda de D'Agostino, que teve uma leve torção no tornozelo esquerdo. As duas continuaram a prova, mas a norte-americana caiu sentindo dores. Em vez de continuar a competição, Hamblin parou para ajudá-la, faltando dois quilômetros para o final da prova.

Após cruzar a linha de chegada mancando, em último lugar, D'Agostino precisou ser levada em uma cadeira de rodas. Hamblin foi a penúltima. No final da prova, as duas se abraçaram e foram aplaudidas no Engenhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.