1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Cesar Castro garante vaga para Rio-2016 nos saltos ornamentais

- Atualizado: 22 Fevereiro 2016 | 07h 06

Atleta confirma presença nos Jogos ao ficar em 16º na fase prévia

O brasileiro Cesar Castro  garantiu neste domingo uma vaga para disputar a prova indivudal de saltos ornamentais nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O atleta de 33 anos ficou com a 16ª posição na fase preliminar do trampolim de três metros na Copa do Mundo de Saltos Ornamentais, evento-teste para as Olimpíadas, realizado no Parque Aquático Maria Lenk até o próximo dia 24.

Na competição, os 18 primeiros colocados se classificavam para os Jogos. Castro registrou 400,25 pontos e passou à semifinal da Copa do Mundo. Experiente, ele tem no currículo a participação em três Olimpíadas, além de medalhas em dois Pan-Americanos: prata no Rio de Janeiro (2007) e bronze em Guadalajara (2011).

O primeiro lugar na preliminar de hoje ficou com o francês Matthieu Rosset (464,85 pontos), seguido do mexicano Rommel Pacheco (463,15) e do italiano Andrea Chiarabini (449,05).Outro brasileiro na disputa, Ian Matos, somou 343 pontos e terminou na 39ª posição.

Cesar Castro vai disputar mais uma olimpíada na carreira
Cesar Castro vai disputar mais uma olimpíada na carreira

Outros 12 atletas conquistaram vagas para a Rio 2016 no último Mundial dos Esportes Aquáticos, em agosto, em Kazan, na Rússia. Na ocasião Castro ficou em 14º lugar, com 430 pontos, e chegou a ser anunciado como dono da 12ª vaga em função da exclusão de lugares ocupados por vencedores continentais, que pela regra também estão automaticamente classificados. No entanto, isto não se confirmou e ele teve que buscar a vaga na Copa do Mundo.

A semifinal do trampolim de três metros masculino acontecerá na amanhã, com início previsto para as 16h15. O dia também terá Luana Lira e a veterana Juliana Veloso nas eliminatórias individuais dos três metros feminino.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX