Yannis Kolesidis/EFE
Yannis Kolesidis/EFE

Chama olímpica dos Jogos de Inverno de 2018 é acesa na Grécia

Evento marcou o início do revezamento da tocha, que culminará com a abertura dos Jogos de Pyeongchang, dia 9 de fevereiro

Estadão Conteúdo

24 Outubro 2017 | 14h14

A chama dos Jogos de Inverno de Pyeongchang, em 2018, foi acesa nesta terça-feira em Olímpia Antiga, no local de nascimento das Olimpíadas, embora uma breve chuva tenha interrompido a cerimônia, que depende do sol. O evento marcou o início do revezamento da tocha, que culminará com a abertura dos Jogos de Inverno em 9 de fevereiro.

+ Escândalos e custo afugentam cidades candidatas aos Jogos Olímpicos​

+ COI espera decisões sobre casos de doping de russos em Sochi para o próximo mês

"Agora dependerá de Pyeongchang para manter o dinamismo durante os últimos três meses de preparativos", afirmou o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach. "Eles já avançaram muito, o palco para os atletas de inverno do mundo está pronto e esperamos que os Jogos Olímpicos de Pyeongchang sejam bem-sucedidos e fabulosos".

Interpretada por uma atriz, uma sacerdotisa pagã da antiguidade usou o fogo que ficou do último ensaio, na segunda-feira, e acendeu a chama olímpica na frente do Templo de Hera, na região do Peloponeso, no sul da Grécia.

Ela passou a tocha para o primeiro participante do revezamento, o esquiador grego Apostolos Angelis, que correu uma curta distância e a entregou ao ex-jogador de futebol sul-coreano Park Ji-sung.

"Como atleta, assisti a Olimpíada por toda a minha vida, e realmente queria participar, estar envolvido na Olimpíada. Vamos mostrar ao mundo como podemos organizar um evento esportivo", afirmou o ex-jogador do Manchester United.

Do vale verde da Olímpia Antiga, onde os Jogos da antiguidade foram realizados durante mais de mil anos, a tocha viajará pela Grécia por oito dias e chegará na Coreia do Sul em 1º de novembro.

Apesar das tensões entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, com quem a Coreia do Sul tecnicamente ainda está em guerra, os organizadores insistem que não há temores sobre questões de segurança para os Jogos de Inverno que serão realizados de 9 a 25 fevereiro de 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.