Fabrice Coffrini/AFP
Fabrice Coffrini/AFP

COI formaliza proposta de definir sedes dos Jogos de 2024 e 2028 ao mesmo tempo

Se aprovada, mudança garantirá a Los Angeles e Paris o direito de receber um dos eventos

Estadao Conteudo

09 Junho 2017 | 16h26

O Comitê Olímpico Internacional (COI) formalizou nesta sexta-feira a proposta para definir as sedes dos Jogos de 2024 e 2028 ao mesmo tempo. Se aprovada, a mudança garantirá a Los Angeles e Paris o direito de receber um desses eventos, já que estas cidades são as únicas que restaram como candidatas para a Olimpíada de 2024.

A tendência é que a proposta seja aprovada. A decisão acontecerá durante uma reunião do COI que será realizada nos dias 11 e 12 de julho, em Lausanne, e os membros da entidade já se mostraram inclinados a concordar com a mudança, que tem como um de seus apoiadores o presidente do comitê, Thomas Bach.

"Isso representa uma oportunidade de ouro para os Jogos Olímpicos e para o COI", considerou Bach nesta sexta. As candidaturas de Paris e Los Angeles também divulgaram comunicados recentemente apoiando a possibilidade, o que torna ainda mais improvável uma reviravolta no processo.

Os membros do COI estão agendados para escolher o anfitrião da Olimpíada de 2024 em 13 de setembro em Lima, no Peru. Se a proposta de unificar a definição das sedes for aprovada, nesta mesma ocasião será anunciada também o anfitrião de 2028. Os líderes das delegações de Los Angeles e Paris ainda irão a Lausanne apresentar formalmente seus planos aos membros com voto.

Se ficar definido que as cidades serão mesmo as sedes dos dois próximos eventos, ainda seria preciso apontar qual receberá uma edição da Olimpíada primeiro. O COI poderia permitir que os cerca de 90 eleitores tivessem direito a uma escolha livre em setembro, na capital peruana, ou fazer um acordo entre as duas cidades.

Em dezembro passado, Bach já havia indicado a possibilidade de um acerto ao declarar que o processo de definição da sede dos Jogos Olímpicos produz "muitos perdedores". Assim, o presidente do COI demonstrou temor com a possibilidade da cidade derrotada no processo da Olimpíada de 2024 não se apresentar para o evento seguinte.

Premiar duas das principais cidades do mundo que constituem opções de baixo risco traria uma estabilidade ao COI por cerca de uma década, após um período turbulento nos processos de definição de sedes dos Jogos Olímpicos.

Cidades de países ricos, como Estados Unidos, Alemanha, Suíça e Suécia, desistiram de participar do processo diante das objeções de suas populações. Para outras cidades, assustam os enormes custos e os grandes orçamentos de eventos recentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.