Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Dez brasileiros 'em alta' após os Jogos Olímpicos do Rio

Esportes

Dez brasileiros 'em alta' após os Jogos Olímpicos do Rio

Neymar, Marta, Robson, Isaquias são alguns dos nomes em ascensão

0

Thiago Fadini ,
especial para o Estado

22 Agosto 2016 | 13h55

A Olimpíada do Rio de Janeiro foi responsável por consagrar e revelar novos talentos, fossem atletas ou técnicos.

Entre tantas surpresas e desconfianças, alguns brasileiros encerraram os Jogos com a moral elevada. Confira dez nomes que estão em ascensão:

  • 1

    Neymar - futebol masculino

    Camisa 10 deixou escapar o ouro em Londres e sempre foi criticado. No Rio, liderou o elenco campeão

  • 2

    Bernardinho - vôlei masculino

    Técnico da seleção há 15 anos vinha sendo contestado na renovação. Pode se aposentar após o ouro

  • 3

    Marta - futebol feminino

    Apesar da decepção com o quarto lugar nos Jogos, a capitã da seleção foi ovacionada pela torcida

  • 4

    Diego Hypólito - ginástica artística

    Muito criticado após erros em Pequim-2008 e Londres-2012, deu a volta por cima com uma prata

  • 5

    Arthur Zanetti - ginástica artística

    Mestre das argolas, só foi superado pelo atual campeão mundia Eleftherios Petrounias e levou a prata

  • 6

    Isaquias Queiroz - canoagem de velocidade

    De desconhecido a maior medalhista brasileiro em uma edição de Olimpíada. Precisa dizer mais?

  • 7

    Thiago Braz - salto com vara

    Ele não intimidou, venceu o até então campeão olímpico Renaud Lavillenie e bateu o recorde dos Jogos

  • 8

    Robson Conceição - boxe

    O baiano levou o ouro do peso ligeiro e se tornou o primeiro medalhista brasileiro na modalidade

  • 9

    Thomaz Bellucci - tênis masculino

    Criticado quando lembrado e esquecido em vários momentos, ele ganhou a torcida e foi até a quartas

  • 10

    Alison - vôlei de praia masculino

    Ao lado de Bruno Schmidt, chegou ao primeiro ouro olímpico após deixar escapar em Londres-2012

 

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.