Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Grupo protesta contra construção de campo de golfe para Jogos no Rio

Reclamação é de que a obra será numa área de parque ambiental 

RONALD LINCOLN JR., O Estado de S. Paulo

25 Março 2015 | 11h48

Ativistas do grupo Ocupa Golfe protestaram na manhã desta quarta-feira contra a construção do campo de golfe olímpico, que está sendo realizada na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, para os Jogos de 2016.

A manifestação, com dez participantes, começou pouco antes da chegada do prefeito Eduardo Paes (PMDB). Ele tinha um encontro marcado com a imprensa para falar das obras no local.

O advogado e ativista Jean Carlos Novaes contestou o argumento que a prefeitura usa de que a área em que está sendo construída o campo de golfe era degradada. "Infelizmente o governo diz que era uma cimenteira, mas, desde 1997, não era. Desde 1997 o dono do terreno estava obrigado a revitalizar o terreno", afirmou o ativista.

Além disso, os manifestantes alegaram que as obras estão violando uma área componente do parque ambiental de Marapendi. O Ministério Público estadual atualmente investiga o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.