Eugene Hoshiko/AP
Eugene Hoshiko/AP

Japão inicia contagem regressiva de 1.000 dias para os Jogos de Tóquio

Evento será realizado com a presença de autoridades e atletas para promover a Olimpíada no país

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2017 | 07h00

O Japão prepara uma grande festa neste sábado para iniciar a contagem regressiva para os Jogos de Tóquio, em 2020. Faltarão exatamente 1.000 dias para a cerimônia de abertura do evento, que será realizado de 24 de julho a 9 de agosto de 2020. Os Jogos Paralímpicos, por sua vez, ocorrerão entre 25 de agosto e 6 de setembro do mesmo ano - a contagem de 1.000 dias para a Paralimpíada será em 29 de novembro.

+ EXCLUSIVO: Cesar Cielo quer disputar Jogos de Tóquio, em 2020

A contagem regressiva será na principal rua do famoso bairro de Nihonbashi, em Tóquio, que será decorada com elementos gráficos criados especialmente para esta marca. A ideia é transformar o local em um campo esportivo gigante durante o dia. Na cerimônia, os números 1, 0, 0 e 0 serão carregados pela rua Chuo Dori até o palco principal. Aí então um contador com o tempo que falta para os Jogos de 2020 será revelado.

 

O evento terá ainda a demonstração de algumas novas modalidades olímpicas que farão sua estreia nos Jogos, como o Basquete 3 x 3, o skate e o BMX freestyle. Depois, o público poderá participar e praticar alguns desses esportes, para conhecer mais de perto as modalidades que estarão na competição.

Yuriko Koike, governador de Tóquio, confirmou presença, assim como os principais dirigentes esportivos do país. Alguns atletas também foram convidados, como Ryosuke Irie (natação), Hiromi Miyake (levantamento de peso), Naohisa Takato (judô) e Asuka Teramoto (ginástica artística).

Além do marco dos 1.000 dias, os organizadores dos Jogos também festejam o ritmo adiantado nas obras. Entre as instalações esportivas permanentes, praticamente todas estarão prontas até 2019. O Estádio Olímpico, para 68 mil pessoas, será entregue em novembro de 2019, um mês antes da Ariake Arena (vôlei) e do Centro Aquático (natação, saltos ornamentais e nado sincronizado).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.