Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Presidente do COI não vê Los Angeles como favorita aos Jogos 2024

Esportes

Harry How|AFP

Esportes

COI

Presidente do COI não vê Los Angeles como favorita aos Jogos 2024

Cidade dos EUA enfrenta Roma, Paris e Budapeste

0

Estadão Conteúdo

02 Fevereiro 2016 | 09h10

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, apontou vários pontos positivos na candidatura de Los Angeles aos Jogos de 2024 após visitar a cidade norte-americana. Mas se ele tem uma favorita entre as quatro concorrentes a sediar a competição internacional, ele fez questão de não revelá-la.

Bach elogiou a preparação e o profissionalismo da comissão de candidatura de Los Angeles, a chamando de uma forte equipe com uma proposta forte, e apontou uma disputa acirrada pelo direito de sediar o evento. "Nós temos uma competição fascinante pela frente", declarou.

O presidente do COI visitou as instalações da Universidade da Califórnia em Los Angeles, incluindo uma passagem pelo Pauley Pavilion, a casa da equipa de basquete universitário da cidade. Antes, no último domingo, Bach e sua delegação foram ao Staples Center, onde assistiram ao jogo entre Los Angeles Lakers e Charlotte Hornets, pela NBA.

Além do prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, ele também foi acompanhado por grandes estrelas da história da Olimpíada, como o velocista Carl Lewis e a ginasta Nadia Comaneci.

Los Angeles enfrenta Roma, Paris e Budapeste pelo direito de sediar a Olimpíada de 2024. A cidade portuária alemã de Hamburgo deixou a disputa após a sua candidatura ser rejeitada em um referendo. O COI vai definir a sede em 2017.

A visita de Bach ocorreu cinco meses após Los Angeles ser escolhida a candidata dos Estados Unidos a sediar o evento internacional, após Boston deixar a disputa. Los Angeles organizou duas edições dos Jogos Olímpicos, em 1932 e 1984.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.