1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Seleção brasileira de rúgbi apresenta novo uniforme em aldeia indígena

- Atualizado: 03 Fevereiro 2016 | 18h 49

Vídeo mostra uniforme que será utilizado nos Jogos Olímpicos e conta com a bênção de pajé da tribo Piaçaguera

A seleção brasileira de rúgbi apresentou nesta quarta-feira, por meio de vídeo, os novos uniformes que serão utilizados pelas equipes masculina e feminina na Olimpíada do Rio de Janeiro. Vídeo publicado por um patrocinador da Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) mostra os atletas Gustavo "Rambo" Albuquerque e Juliana "Juka" Esteves com a nova camisa na tribo Piaçaguera, em Peruíbe, no litoral paulista.

A apresentação do novo uniforme, que foi abençoado pelo pajé Tupi Domingos dos Santos, reforça ligação que já existe há três anos entre o rúgbi brasileiro e a tribo, quando a seleção foi abençoada pelo pajé e recebeu o apelido de "tupi". A nova camisa, inclusive, tem detalhes na lateral com inspiração no padrão geométrico da pintura indígena e em plantas nativas brasileiras.

Gustavo Albuquerque e Juliana Esteves apresentam novo uniforme do rúgbi brasileiro
Gustavo Albuquerque e Juliana Esteves apresentam novo uniforme do rúgbi brasileiro

O CEO da CBRu, Agustin Danza, falou sobre a ligação do esporte com a cultura indígena. "Além de valorizar a cultura brasileira, acreditamos que os valores da Tribo Tupi são fonte de inspiração para o rugby e fortalecem os valores do nosso esporte, como a disciplina, respeito e paixão."

A estreia da nova camisa dentro de campo será no próximo sábado, dia 6, quando o time masculino de Rugby XV enfrentará o Chile, fora de casa, pelo Americas Rugby Championship. A torcida brasileira poderá ver o uniforme de perto no próximo dia 12, na Arena Barueri, diante do Uruguai, pela segunda rodada da competição. No feminino, a estreia acontecerá no Super Desafio BRA de Rugby 7s, nos dias 20 e 21 de fevereiro, também na Arena Barueri. 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX