AFP PHOTO/Toshifumi Kitamura
AFP PHOTO/Toshifumi Kitamura

Brasil é convocado e levará 17 judocas para o World Masters na Rússia

Rafaela Silva, Mayra Aguiar e Rafael Silva são os destaques da delegação brasileira

Estadão Conteúdo

05 Dezembro 2017 | 18h22

A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) anunciou nesta terça-feira a lista de convocados para o World Masters da modalidade, que acontecerá na Rússia. O País conseguiu classificar 17 nomes para a competição, que reúne os 16 melhores do ranking de cada categoria entre os dias 16 e 17 deste mês, em São Petersburgo.

+ Campeão mundial de judô, Luciano Corrêa anuncia a aposentadoria

Medalhista de ouro na Olimpíada de 2016, Rafaela Silva está confirmada na categoria para judocas até 57kg. Bronze no Rio, Mayra Aguiar (78kg) e Rafael Silva (+100kg), o "Baby", também estão confirmados.

Entre as mulheres, as outras participantes serão: Stefannie Arissa Koyama (48kg), Érika Miranda (52kg), Jéssica Pereira (52kg), Maria Portela (70kg), Maria Suelen Altheman (+78kg) e Beatriz Souza (+78kg).

Já entre os homens, o Brasil será representado por: Eric Takabatake (60kg), Phelipe Pelim (60kg), Charles Chibana (66kg), Daniel Cargnin (66kg), Marcelo Contini (73kg), Victor Penalber (81kg), Eduardo Yudy Santos (81kg) e David Moura (+100kg).

Destes, apenas dois são os líderes de seus rankings: David Moura e Érika Miranda. Eles se juntam aos medalhistas olímpicos como maiores esperanças para superar a edição de 2016 do World Masters, quando o Brasil faturou duas medalhas em Guadalajara, no México: Sarah Menezes (48kg) e Mayra Aguiar (78kg), ambas de prata.

O World Masters é a segunda competição mais importante do judô em termos de pontos para o ranking mundial, atrás somente do Campeonato Mundial. O campeão de cada categoria fatura 1800 pontos; o vice leva 1260; os medalhistas de bronze, 900; os quintos, 648; os sétimos, 428; e só de participar, o judoca já tem direito a 200 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.