Reprodução/Facebook/CBJ
Reprodução/Facebook/CBJ

Brasil supera Alemanha em Minas no Desafio Internacional de Judô

Foram seis embates entre os países, que terminaram com a equipe da casa levando a melhor por 4 a 2

Estadão Conteúdo

09 Outubro 2017 | 21h17

O judô brasileiro fez bonito nesta segunda-feira e derrotou a Alemanha no Desafio Internacional de Judô, realizado na arena do Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte. Foram seis embates entre os países, que terminaram com a equipe da casa levando a melhor por 4 a 2.

+ Superliga terá finais em dois jogos e 'golden set' poderá definir campeão

+ Juiz decreta prisão preventiva de Carlos Arthur Nuzman

O Brasil teve alguns de seus principais nomes da modalidade no tatame nesta segunda. Lutaram: Felipe Kitadai (-60kg), Victor Penalber (-81kg), Eduardo Bettoni (-90kg), Rafael Buzacarini (-100kg), André Humberto (-100kg) e Ruan Isquierdo (+100kg).

Bronze na Olimpíada de Londres, em 2012, Kitadai foi o primeiro a ir ao tatame. O brasileiro dominou o combate diante de Lukas Klemm e venceu por dois wazaris para dar o primeiro ponto ao Brasil.

O segundo veio já na sequência, quando Penalber aplicou um ippon em Niklas Blochl. Só que a Alemanha reagiu e foi buscar o empate. Sandro Makatsaria bateu Eduardo Bettoni graças a um wazari no início da luta. Depois, Philipp Galandi levou a melhor sobre André Humberto no golden score.

O Brasil, então, dependia de vitórias nas últimas duas lutas para ficar com o título. E foi o que aconteceu. Rafael Buzacarini fez duelo equilibrado com Karl-Richard Frey, mas aplicou um ippon no golden score para colocar o País em vantagem. No último combate, Ruan Isquierdo passou por Sven Heinle com um wazari e confirmou a conquista.

Mais conteúdo sobre:
judô Judô

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.